09 junho, 2010

Definiu-se. Definiram-me. Ela sorriu e ofereceu-me uma foto

Trocamos letras. Ela, sobre a forma de poema. Eu, com essa pretensão. Apropriei-me da sua rua, tornei-a minha, mandei-a ladrilhar, com pedrinhas de rubi, para o seu amor passar e, assim, dei-lhe "oquestrada". Apresentou-se dizendo quem era:

— Sou Portugal
— Sou borboleta
— Sou Maio
— Sou chuva de Maio
— Sou flor de Maio
— Sou primavera
— Sou azul
— Sou o azul dos olhos da minha mãe
— Sou a flor azul de Novalis
— Sou espírito de contradição
— Sou mulher do meu tempo
— Sou bola de fogo
— Sou viajante errante
— Sou liberdade
— Sou a Alemanha
— Sou Fausto
— Sou Mefisto
Lançou-me o desafio: Agora é a tua vez! Desafios, resolvo-os sempre. Não querendo expor a minha desastrada arte, lembrei-do que Zeca Afonso me definiu uma vez. Foi assim, cantando por conta sua:

Já fui mar já fui navio

Já fui chalupa escaler

Já fui moço, já sou homem

Só me falta ser mulher.

Não lhe disse, mas se vier a ser mulher, gostaria de ser azul como ela...
E depois? Depois ofereceu-me esta

9 comentários:

  1. Sortudo oferecerem-lhe uma foto e, depois, fui até lá para espreitar lol

    ResponderEliminar
  2. Rogério

    O meu caro não é uma caixinha! É um "caixote" de surpresas (ou será baú)?
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Rogério, adorei o contexto deste seu post. Tal como a Isa - e curiosa que sou - também fui espreitar. A questão que lhe coloco, é apenas uma...

    ... posso aceitar este desafio e levar comigo a foto que lhe ofereceram?

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Querida Helga,

    Só por cima do meu (virtual) cadáver...
    É minha, muito minha...
    ... e a Teresa não lhe enjeitará tal pedido!

    Beijos cheios de pena!

    ResponderEliminar
  5. Que desafio!!!
    Meu amigo não deseje ser mulher ;-)
    Nem tente saber porquê!
    Um abraço

    ResponderEliminar

  6. Segundo Adão
    Vós sois a minha costela
    É por isso, então
    Não me importava de ser ela
    (depois de ter sido tudo só me falta ser mulher...)

    Beijos da Eva
    (Hoje estou constipado...)

    ResponderEliminar
  7. Pronto! Não se fala mais no assunto. Sua e apenas sua será, pois terá sido com toda a certeza merecida.

    Beijinhos sem pena :)

    ResponderEliminar
  8. Já estiva aqui, meu querido amigo, mas fiquei sem palavras para lhe agradecer de tão embevecida que fiquei... e eu a pensar que o Rogério só gostava de mulheres tipo Amélie!!!

    ResponderEliminar