29 junho, 2010

Nuestros hermanos 1 - Nosotros 0 (O pai do Duarte não o deixa jogar nos quartos...)

Desta vez a nossa selecção, contrariamente aos meus netos, não entendeu a minha táctica. Nas minhas palestras aos netos, as minhas palavras de ordem foram: nada de os considerarem nossos irmãos, nada de medos nem de intimidações familiares, nada de lhes dar o controlo do jogo. Não liguem aos meteorologistas, nem que chova picaretas em brasa, nada de chapéus de chuva, que só empatam... Mas a selecção, não só não percebeu, como esqueceu a lição de Saramago!

No fim do jogo, como é costume, os meus netos assaltaram-me com um milhão de perguntas:
  • Marta (13 anos) - , porque é que a selecção teve medo e não fez o que ensinaste?
  • Miguel (11 anos, irmão da Marta) - Claro que fez! Só que não deixou os chapéus de chuva no balneário ...
  • Duarte (6 anos, o tal lourito) - O meu pai não nos deixa jogar nos quartos.... Mas nunca falou em quartos-final...
  • Diogo (1o meses, o tal "ranhosito") - Tá, tá, tá, bummmm?
  • Eu - Não tá bummmm, tá pum!

NOTA FINAL: INTELIGENTES COMO SÃO, OS MEUS NETOS VÃO PERCEBER QUE O QUE SE PASSOU ATÉ AQUI, FOI APENAS FUTEBOL. COMO IRMÃOS, A MARTA E O MIGUEL, DEVEM ENTENDER-SE. O DUARTE NÃO DEVE JOGAR NOS QUARTOS E QUANTO AO DIOGO, ELE VAI CRESCER E APARECER...