30 janeiro, 2011

Homilias dominicais (citando Saramago) - 26

Terminou hoje em Davos a 41ª edição do Fórum Económico Mundial (WEF). Ao que parece o Fórum dos Donos do Mundo colocou em evidência as divisões existentes na hora de escolher quais antídotos aplicar e superar a crise económica de uma vez por todas, no meio de um clima de ansiedade provocado pelas revoltas populares no mundo árabe. Os senhores do poder estão divididos e… ansiosos. Vejamos se um outro fórum, o Fórum Social 2011 trás ideias. O facto de Lula da Silva estar anunciado promete. Para já, do lado dos milionários participantes de Davos, o deserto de respostas é confrangedor sob a ameaça de ventos de mudança oportunamente denunciadas:

HOMILIA DE HOJE

"...Davos foi durante trinta anos a academia neo-con por excelência e, tanto quanto posso recordar, nem uma só voz se ouviu no paradisíaco hotel suíço para apontar os caminhos perigosos que o sistema financeiro e a economia haviam tomado. Quando já se estavam semeando ventos ninguém quis ver que vinham aí as tempestades..."

José Saramago in Davos 2009, aqui