20 março, 2011

Manifestação: Os rostos, as falas e a dimensão

Mapa do google: A , local de concentração do sector privado;
B, local de concentração do sector público;
C, Praça onde se juntaram os manifestantes
para descer até C, ponto final da manifestação

Pois, tem de ser com mapa. Quem não conhecer Lisboa, ao ler a imprensa ou vêr as televisões, pode ficar a julgar que a Praça do Saldanha (A) é logo ali, que as Torres da Amoreiras (B) ficam logo no primeiro quarteirão junto ao Marquês de Pombal (C). Com esse julgamento nem lhe passa pela cabeça a quantidade de gente envolvida, pois fica só com a ideia da Av. da Liberdade, embora esta seja comprida. Foi um mar de gente, duas horas e meia a passar.

Rostos da multidão e seu sentir? Abra o video abaixo é só vêr e ouvir...



Expresso profundo reconhecimento ao trabalho
honesto da equipa de reportagem da SIC, por estas imagens, que não comento...