07 junho, 2011

De regresso, com nova personagem com que assino cada viagem...

Fui sendo coisas diferentes sem deixar de ser o que sou. Fui mudando a imagem sem mudar, no essencial, a mensagem. Essa, continua a ser de denúncia e de esperança, com interregnos para coisas belas.

Este regresso à Conversa Avinagrada, não a percam nem por nada...

Assi o Gentio diz. Responde o Gama:
– «Este que vês, pastor já foi de gado;
Viriato sabemos que se chama,
Destro na lança mais que no cajado;
Injuriada tem de Roma a fama,
Vencedor invencíbil, afamado.
Não tem com ele, não, nem ter puderam,
O primor que com Pirro já tiveram.”

"Os Lusíadas", de Luís Vaz de Camões - Canto VIII, nº 6

Será com a face e o nome de Viriato que passarei a assinar por todo o lado, por onde resolva passar. Eu Viriato, a quem foi dado de título de "regnator Hiberae magnanimus terrae", o mais magnânimo dos reis da terra Ibérica (saiba mais)

20 comentários:

  1. Ainda bem que não mudou na essência, pois isso é que importa.

    Mas, se me permite, das três imagens-marca a que menos me toca é a actual.

    Acho a barcarola uma maravilha.

    E também acho que o Rogério de agora está mais próximo das feições infantis do uqe quando era jovem.

    Não fica zangado, pois não?

    Feliz semana, apesar da viragem à Direita ...

    ResponderEliminar
  2. Não, querida São
    Não fico zangado não
    Ao longo da vida temos
    fases... Nesta admito ser diferente
    e mal de mim se agradasse a toda a gente...

    Mas acho que ainda assim
    vai gostar de mim
    (Camões gostou...)

    ResponderEliminar
  3. Quando era miúda Viriato era um dos meus heróis!!!

    ResponderEliminar
  4. Tanto gado tresmalhado, prestes a cair na boca do lobo...
    Ainda bem que chegaste pastor Viriato!

    ResponderEliminar
  5. Mas eu já gosto de si!!

    E Viriato é , desde sempre, alguém que admiro muito : fico felzi com o regresso

    Um abraço, meu caro amigo.

    ResponderEliminar
  6. Eu sou avesso a mudanças...de rosto. lol. Permanecerei sempre este smile de dentes sinistros e ameaçadores. eheheheheh :))))))))))

    ResponderEliminar
  7. Viriato fica-te muito bem. tal como o Saramago...

    abraços

    ResponderEliminar
  8. Viriato, pois.
    Gosto de personalidades variadas com essências preservadas.
    Um grande bj querido amigo

    ResponderEliminar
  9. Oi Viriato, heroi lusitano, guerreiro... lutador, estrategista, magnânimo, príncipe e pastor... São muitas as faces, mas o homem é o mesmo.
    Que A Maior Flor do Mundo se reanime, com lentidão, mas com extraordinária firmeza. É o que desejo.

    Beijos

    Carla

    ResponderEliminar
  10. Pois seja muito bem vindo, Viriato!


    :))

    ResponderEliminar
  11. Viriato,
    Bem escolhido personagem novo!
    O mesmo na essência!
    Avinagre sempre!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. Caro Rogério, digo, Viriato!

    Para mim não interessa que nome V.Exª assume, interessa-me, isso sim, o ser humano maravilhoso que temos, a honra, de ter diante de nós!

    Abraço atlântico!

    ResponderEliminar
  14. Foi traído pelos seus...
    Assim reza a História. Melhor sorte se deseja a este novo Guerreiro. Que as estartégias e técnicas de combate surpreendam e vençam o "Invasor".

    Um beijo

    L.B.

    ResponderEliminar
  15. Que Viriato II seja mais afortunado do que o outro, meu caro

    ResponderEliminar
  16. Enquanto ele comandava ele foi mais amado do que alguma vez alguém foi antes dele.
    Diodoro da Sicília

    Pois meu amigo, por mim o seu novo perfil está perfeito e se antes já era por nós seguido e amado, agora quando o virmos aparecer não vamos tremer, mas sim agradecer.
    Boa sorte nesta sua nova demanda.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Viriato serás!
    Por mim, aceite serás mas não "invencíbil"

    A língua de Camões era estranha, não achas?

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. Muito volúvel, o amigo Rogerito!... Mas muito bem explicadas e justificadas as metamorfoses.

    Beijo, Viriato!

    ResponderEliminar
  19. O personagem mudou... mas sua essência poética continua a mesma... o dom de encantar com cada um de seus versos, também!

    Um beijo, Rogério!!

    ResponderEliminar