12 junho, 2011

Leve um meu manjerico. Eu, com as quadras fico


I
Cantigas de portugueses
São como barcos no mar —
Vão de uma alma para outra
Com riscos de naufragar.
II
A caixa que não tem tampa
Fica sempre destapada
Dá-me um sorriso dos teus
Porque não quero mais nada.

"A quadra é um vaso de flores
que o Povo põe à janela da sua alma..."
Fernando Pessoa

III
Ora dá cá uma quadra
Que eu te dou um manjerico
Terás tua alma perfumada
E eu ficarei bem mais rico


-------------------------- Rogério Pereira