25 agosto, 2011

A Líbia, uma história recente que mais parece o resultado de um filme de hollywood mal contado

1. Como estava, antes de tudo estar como está

 A nacionalização do petróleo da Líbia permitiu o desenvolvimento da sua economia e às condições de vida do povo distanciar-se, significativamente, dos restantes países da região. Como alguém ontem me dizia nos comentários: a Líbia regista o maior Indice de Desenvolvimento Humano (IDH) da África e até hoje é maior que o do Brasil. Em 2011, A Líbia tinha um IDH de 0.840, Portugal 0.900, Espanha 0.949, EUA 0.950, Brasil 0.807. Contudo, alguma coisa vinha mudando...

2. Como passou a estar, ainda antes de a este ponto chegar

As "rogériografias" destas lideranças apresentam preocupantes semelhanças


"A partir da II Guerra do Golfo, Kadhafi deu uma guinada de 180 graus. Submeteu-se a exigências do FMI, privatizou dezenas de empresas e abriu o país às grandes petrolíferas internacionais. A corrupção e o nepotismo criaram raízes na Líbia.

Washington passou a ver em Kadhafi um dirigente dialogante. Foi recebido na Europa com honras especiais; assinou contratos fabulosos com os governos de Sarkozy, Berlusconi e Brown. Mas quando o aumento de preços nas grandes cidades líbias provocou uma vaga de descontentamento, o imperialismo aproveitou a oportunidade. Concluiu que chegara o momento..."Ler na integra
aqui
3. A dado momento foi iniciado o tormento

(...) No caso da Líbia, a situação é complexa mas as pessoas progressistas terão certamente simpatia com o que entendem ser um movimento popular. Podemos estar solidários com tal movimento, principalmente pelo apoio às suas exigências justas mas rejeitando uma intervenção externa que conduza à situação anterior a 1969. É o povo da Líbia que deve decidir o seu futuro. Entretanto, há quem admita vários cenários (ver aqui).


4. Agitar a ideia de ditador era o melhor caminho para esconder o motivo maior-
-

A situação agrava-se na Líbia, quarto produtor africano de petróleo. A BP já fêz evaquar parcialmente os seus funcionários e é muito provável que o preço do petróleo dispare e se mantenha nos tais três digitos por tempo indeterminado...
5. Agora a situação ninguém sabe, ao certo, como está
-
...Mas mais dia menos dia, pode muito bem acontecer isto...  no Mundo
Vejamos se amanhã há notícias. A não haver isto vai acabar muito mal. Pode crer.

NOTA - Este post foi construído com (quase) tudo o que tenho escrito sobre o tema. Não acredita? Coloque a palavra "Líbia" no meu motor de busca e verá lá toda essa escrita....