14 janeiro, 2012

Guma Kimbanda

Já transformei, em tempos, este meu espaço em galeria de quem me pintou lugares de infância e, também, de quem desenhou figuras que me povoaram (e povoam) a mente. Para o trabalho de Guma opto por coisa diferente. Faço convite a que o visite. Porquê? Porque ele pintou parte da minha memória. Visite Guma e delicie-se, também, com as palavras que lá tem... Vá à Serra da Leba... Não precisa me agradecer. Vá, vá lá ver...
««»»-««<>»»-««»»
.
a escuridão vestiu o céu 
os astros trocam de lugar 
dançando 
e cantando à capela 
ecos de imensidão . 
.
uma pequena estrela 
longínqua e sem graça 
voltou a brilhar 
imune ao tempo que passa 
-reflectindo o beijo nela-
---------------------------Guma Kimbanda


Aqui as telas, se aconchegaram ao espaço... 
Tivesse eu parede e era assim que minha memória se arrumaria.