04 fevereiro, 2012

Cavaco mostra a obra ao senador... Os quatro parecem partilhar a mesma opinião (ou pelo menos, até ao momento, nenhum disse que não)


É tão pestilento o cheiro da obra obrada, como a inevitabilidade de a salvar.  
(Depois de respeitar a obrigação protocolar, o "coiso" ausentou-se para mais um pensamento Zen)