19 agosto, 2012

Qual natureza humana, qual tanga? - 4


A sequência de imagens não engana. Querem fazer crer que a evolução de humanidade é um emaranhado continuado de depravações e violência e que, assim, eis-nos chegados aqui sem emenda. Dar-nos essa imagem (ou permitir que a tenhamos) não é tarefa inocente. Nem é tarefa distraída de objectivos da classe dominante. Querem-nos fazer crer que não temos nada a esperar, que nos deixemos ficar sossegados no nosso lugar... Ficamos?