03 janeiro, 2013

Se eu pintasse...

Já há alguns largos meses referi ter reprodução desta pintura, comentando não saber o porquê de lhe ter estima. Hoje dou comigo a deambular por outras obras do autor e a meio do percurso veio-me uma resposta: talvez algures exista um paraíso, talvez... e a vontade de quem quer que ele à viva força exista produz a maravilha de ele pintar a realidade como tal. Sempre que se quer muito uma coisa, tendemos a inventá-la, o que não é nada recomendável...
Ah, e invejei tremendamente a arte do pintor. Se eu pintasse... 


NOTA DE ADITAMENTO À EDIÇÃO: Transcrevo de um excelente estudo sobre a obra de Gouguin o que realmente sinto: 
"Todo artista busca seu Taiti, mas apenas Gauguin o encontrou e ninguém mais poderá encontrá-lo enquanto tudo aqui não for transformado, de modo que cada um possa criar em qualquer parte seu próprio Taiti imaginário." 
Georg Lukács (ler aqui)