27 agosto, 2013

Sarin


Sarin!
Dito assim, até parece uma doce palavra de ordem sobre a desordem. Escrevia Gonçalo M. Tavares, ontem por mim citado, que para haver desumanidade basta haver comportamento humano. É verdade. É uma trágica verdade. Mas há outra verdade. Os desumanos vestem a pele da humanidade para fazer prevalecer interesses. Está para acontecer o que nos prepararam para que aconteça. Nem importa sequer que existam testemunhos, que os filtros da propaganda não conseguiram filtrar. Sarim é ordem de avançar.

(este texto foi-me inspirado pelo post do Octopus, um amigo meu. Já leu?)