08 abril, 2015

Redacções do Rogérito 23 - "Carta a uma amiga quando ainda a não conhecia"

Tema da redacção: carta dirigida a uma amiga 

Maria João de Sousa, 
Quando for crescido quero ser teu amigo visitar o teu espaço para de quando em quando mandar-te um abraço e ler teus poemas quadras e sonetos daqueles em que  te empenhas ter a métrica certa e poder-te chamar-te poeta sorrir a seguir com a ironia de alguns e noutros juntar o meu grito ao teu grito que soltas sempre de um modo tão bonito. 
Quando for crescido quero falar contigo sobre as histórias que meu avô me contava e quero ler coisas do teu pois os avós são pessoas que nunca nos deixaram sós mesmo depois de terem partido. 
Quando for crescido quero fala-te das injustiças das malandragens e daquele senhor a quem chamam deus e que fez este mundo mal feito pois se o tivesse feito a preceito nunca deixaria que as pessoas padecessem de qualquer doença até porque esse sofrimento e martírio não depende daquela coisa esquisita a que chamam livre arbítrio e que quase sempre acontece a quem menos merece. 
Quando for crescido quero poder ajudar-te no que eu possa e no que te for preciso. 
Quando for crescido tenho a certeza que vou ter o sentimento de sempre te ter conhecido mesmo se nem por acaso nunca nos tenhamos encontrado e por aqui me fico 
um beijo 
do Rogérito
_______________
Nota: Se quiser contribuir para a minimização do martírio e ajudar no que possa, tem o caminho definido nos links na prosa