11 maio, 2015

Empreendedorismo, a doença senil do capitalismo - 3 [The factory school]

imagem retirada deste vídeo
Em Janeiro de 2013, julgava ser o empreendedorismo uma moda. Mas temia o risco de ela se instalar, e escrevia: "A moda do empreendedorismo nasce de mãos dadas com o neoliberalismo, ambos se fundamentam no mito que o valor do homem apenas está no «valor que o "mercado" lhe dá». Por isso é preciso que a moda não passe com a tranquilidade com que as modas passam de moda. O que é preciso, necessário, urgente é que acabemos com ela. É preciso acabar com a moda, agora!"
Em Agosto de 2014, confirmava a suspeita de o empreendedorismo se ter imposto, o DN dava-lhe rosto, dedicando-lhe página inteira divulgando o projecto "EmpCriança". Então, pensei "Vai ser muito difícil sair desta selva".

Hoje, percebi que na selva o "neoliberalismo" teria já ultimado o efeito predador. Estamos próximos do que a escola já fora, embora com outros métodos e bandeiras.
Recordam-se disto?
___________


Nota: Em tempos trocava ideias com quem as ia tendo. Fui lá consultar o que escreviam sobre o tema. Uma fechou a loja, percebendo-se a permissividade, outro a loja fechou, cansado de gozar. Permanece o Terrear, mas (sobre o tema) nem atrasa nem adianta. E é pena.