17 julho, 2015

Hoje chamaram-me gaulês

Textos sobre a saída do euro, 8 páginas vezes 4 posts. É obra! Tenho-os no sítio!
Voltei a fazer o que há tempos tinha feito  Faço-o com frequência para testar a minha própria coerência. Perfeito. E dou por me chamarem gaulês. E a adjectivação feita não é sem razão. Ei-la, perfeita, em caixa alta, na imprensa.