31 dezembro, 2015

Mensagem deste Ano Novo ao nosso povo

Imagem StreetArt Child

 Mensagem deste Ano Novo
Trago do Ano Velho
tudo o que tenho,
e é pouco, como mostro.
Não me tirem mais!, eu troco...
Troco este rádio
pelos esqueletos que guardas no armário.
Troco o meu brinquedo
pelo teu medo,
e o o meu colar pelos fantasmas
que não largas.
Dou-te o meu boné
se me deres as teias
em que te enleias.
Dou-te todas as minha miseras roupas
se me vestires com teu sorriso.
Dispenso-te minhas pobres botas
se jurares
percorrer caminhos que não ousaste.

Julgas que tudo o que te move e a que te agarras
valem mais que estas minhas vestes e tralhas?

Vá, pensa!, tudo o que te proponho
não tem de acontecer agora.
Vamos trocando pelo ano fora.
Vamos trocando?
Vamos?

Ah, e esta rua
é também tua.
Usa-a para a minha luta, já.
Vá!
Rogério Pereira (reeditado, com alterações)

7 comentários:


  1. Muito bem! Troquemos então.
    Mas... "coisas" há que não tenho
    para a troca.

    Posso substituir
    os fantasmas por abraços?
    E o medo por flores?
    Posso trocar as teias por laços?


    Se assim for
    contrato fechado
    vamos trocando
    todo o ano...

    FELIZ ANO NOVO!

    Um beijo

    Lídia

    ResponderEliminar
  2. Que seja um ano de fraternidade e menos desigualdades!

    Beijinhos, Rogério, e muita alegria em 2016! :)

    ResponderEliminar
  3. FELIZ 2016...sem esqueletos no armário
    e tudo pelo melhor, Rogério!

    Um abraço.

    :)

    ResponderEliminar
  4. Excelente!

    aproveito para desejar um magnifico Ano Novo com saúde e muitas Felicidades,e muita inspiração.

    beijo amigo

    :)

    ResponderEliminar
  5. Gostei.
    Renovo os meus votos de um 2016, com tudo o que deseje.
    Abraço

    ResponderEliminar
  6. Gostei dessas trocas, Rogerito!

    Beijinhos, cidadão!

    ResponderEliminar