23 abril, 2016

Coisas com pés (e cabeça)

Tendo conhecimento da expressão "sem pés nem cabeça" sabia que o que faz sentido nos sai do juízo. Acaba de ser provado que fará também sentido pensar com os pés... aliás, tal prática está muito mais generalizada do que à partida poderia parecer! 
Outro uso generalizado é dar com eles em coisa de que não gostamos ou nos é adversa. Nem sempre usado a cabeça. Exemplo? Victor Constâncio, vice do BCE, deu com os pés à Comissão de Inquérito sobre o BANIF. Talvez seja a altura de usarmos a cabeça e sermos nós a dar com os pés a quem, ingerindo, assume a arrogância de colonialista...
Fico-me por aqui, antes que me acusem de falar pelos cotovelos 

15 comentários:

  1. Subscrevo, Rogério! subscrevo tudo, excepto a hipótese que muito precavidamente deixaste e que pressupõe que alguém te acuse de falar pelos cotovelos... mas olha que este pé foi muitíssimo eloquente, mesmo falando... pelo pé.

    Abraço!

    Maria João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... de forma alguma! É bem explícito, este pé, rsrsrsrs...

      Eliminar
  2. Adorei este pé pensante!

    E sim, "dar com os pés" pode ser uma boa maneira de proteger a cabeça.

    bj.

    Lídia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... de proteger todo corpo
      diria até
      a própria alma

      Eliminar
  3. Muito giro este pé. E devíamos sim dar com os pés em quem nos quer impor o que devemos fazer.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  4. Falar avinagrado sim, agora pelos cotovelos, decididamente não!rss
    Bora lá então!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabia
      que virias
      dar c´os pés
      ou não fosses tu
      quem és

      Eliminar
  5. Rogério boa noite.
    O que mais há hoje em dia, é quem pense com os pés e também quem dê com os pés, dependendo das circunstâncias e do que mais lhes convém.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que seja bem aparecida
      eu
      que a não tinha por esquecida
      estou de acordo
      que se dê com os pés
      a quem
      tira ao povo

      Eliminar
  6. um pé pensante?
    gostei da originalidade.
    beijinhos
    :)

    ResponderEliminar
  7. Muito giro isto...E adapta-se a tanta coisa!!

    Malabarismos, contorcionismos...e muitas outras coisas acabadas em ismos...como comodismos!! Já estava a pensar em quê??

    :))

    ResponderEliminar