15 abril, 2016

New York Times: Dilma pode ser afastada por criminosos

O The New York Times publicou uma reportagem com chamada de primeira página que destaca como é absurdo o processo de impeachment que corre no Brasil contra Dilma Rousseff.


«Nas palavras da publicação, um processo conduzido por parlamentares corruptos, dominado por abusos aos direitos humanos, contra uma presidenta que não é alvo de investigação alguma.

A matéria, assinada por Simon Romero e Vinod Sreeharsha, cita o próprio vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), que assumirá o lugar de Dilma caso o processo seja aprovado no Congresso Nacional, como envolvido no esquema de corrupção da Operação Lava Jato.
Outros que recebem destaque, com direito a foto-legenda, são o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), apontado como réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de ter recebido US$ 40 milhões em propina. Além do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), outro defensor do impeachment, alvo de processos nos Estados Unidos por ter desviado mais de US$ 11,6 milhões.

De acordo com o New York Times, se o golpe passar, teremos a nova "República dos bananas". Enquanto no Brasil a mídia familiar apoia o impeachment, o mais importante jornal dos Estados Unidos denuncia um golpe absurdo.»
noticia no "Portal Vermelho"