18 fevereiro, 2017

Ah!, o que eu gosto destas bacoradas...

Desabafo dum professor

Faço projectos, planos, planificações;
Sou membro de assembleias, conselhos, reuniões;
Escrevo actas, relatórios e relações;
Faço inventários, requerimentos e requisições;

Escrevo actas, faço contactos e comunicações;
Consulto ordens de serviço, circulares, normativos e legislações;
Preencho impressos, grelhas, fichas e observações;
Faço regimentos, regulamentos, projectos, planos, planificações;

Faço cópias de tudo, dossiers, arquivos e encadernações;
Participo em actividades, eventos, festividades e acções;
Faço balanços, balancetes e tiro conclusões;
Apresento, relato, critico e envolvo-me em auto-avaliações;

Defino estratégias, critérios, objectivos e consecuções;
Leio, corrijo, aprovo, releio múltiplas redacções;
Informo-me, investigo, estudo, frequento formações;
Redijo ordens, participações e autorizações;

Lavro actas, escrevo, participo em reuniões;
E mais actas, planos, projectos e avaliações;
E reuniões e reuniões e mais reuniões!...

E depois ouço,
alunos, pais, coordenadores, directores, inspectores,
observadores, secretários de estado, o ministro
e, como se não bastasse, outros professores,
e o ministro!...

Elaboro, verifico, analiso, avalio, aprovo;
Assino, rubrico, sumario, sintetizo, informo;
Averiguo, estudo, consulto, concluo,
Coisas curriculares, disciplinares, departamentais,
Educativas, pedagógicas, comportamentais,
De comunidade, de grupo, de turma, individuais,
Particulares, sigilosas, públicas, gerais,
Internas, externas, locais, nacionais,
Anuais, mensais, semanais, diárias e ainda querem mais?
- Que eu dê aulas!?...

10 comentários:

  1. Não há condições para dar ou vender aulas. Já não
    Kis :=}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AvóGi,
      pergunte lá
      às sua pulgas
      como vai o blá, blá, blá

      pergunte lá

      ...e ós despois falamos

      Eliminar
  2. Quando li o título vim a correr:
    "Deixa-me lá ir ver que bacorada vai ser"

    Chegada aqui respirei de alívio,
    não é a bacorada que eu pensava.

    "É o Desabafo de um Professor"

    mas que grande bacorada essa
    fazerem exigências tamanhas a um Setor!!

    Um abraço, Rogério.

    Parabéns ao Poeta. :)



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cada vez me preocupo mais em fazer corresponder o texto à expectativa criada pelo título

      por vezes não consigo

      Eliminar
  3. O bácoro que me persegue agora também anda atrás de ti?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só um bácoro?
      Julguei
      que,
      da vara,
      era ele o rei...

      Eliminar
  4. Não há condições. Nem para professores nem para alunos.
    Um abraço e bom domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sempre a esperança
      onde, raramente houve
      passe a sempre haver

      a esperança é a última a morrer

      Eliminar
  5. Também tenho esse texto e também o acho uma bacorada... Muito se queixam os professores! Balha-me deuzzzzzz...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não achei bacorada
      talvez porque eu e esse bácoro
      somos da mesma vara

      Eliminar