19 março, 2017

Redacções do Rogérito (36) - "O dia do pai"


Hoje é dia do pai e a stora pediu que eu fizesse uma escrita em que reflicta porque é que eu acho que esta data é tão bonita e ela sugeriu que escrevesse sobre o significado do dia e é disso que eu vou escrever prometendo não divagar sobre o que pensaria e os palavrões que diria o senhor Anacleto lá da loja da esquina se o dia do pai não der para facturar aquelas bujigangas todas e mais os cartõezinhos cheios de desenhinhos de pais e de meninos mas também de pais com meninas pois ele sabe escolher a mercadoria em conformidade com a sua freguesia e se assim não fosse o senhor Anacleto seria apontado por não respeitar a igualdade de género.

Eu gosto muito do dia do pai pois se não houvesse dia do pai também não podia haver dia da mãe nem do avô nem da avó o que era muito mau para todas as crianças que assim teriam de ser todas institucionalizadas.

Mas o que eu gostava muito é que juntassem o dia da mãe com o dia do pai porque assim podia acontecer que ao festejarem pudesse haver mais meninos a nascer coisa que não vai acontecer se continuarem a separar os pais das mães e é por isso que há muitos divorciados.

Rogérito

23 comentários:

  1. Eheheh! Bem pensado Rogerito. Mas podemos contornar isso. O pai convida a mãe para festejar o dia, e a mãe faz o mesmo, quando for o dia dela. Assim se não der em Março dá em Maio. Rsrsrs
    Abraço

    ResponderEliminar
  2. Aqui, na Alemanha, o Dia do Pai é em Junho. Em Portugal é hoje por ser Dia de São José.

    Abraço para o Rogério e para todos os pais portugueses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os portugueses?
      Cuidado
      Há pais que não merecem abraços desses

      Eliminar
  3. Ora aqui está uma excelente conclusão Rogérito!
    A tua redacção tem com certeza 20 valores :)

    Um beijinho duma mãe
    O Toque do coração

    ResponderEliminar
  4. Abraço, Rogério.
    Também publiquei um mimo aos pais no meu blogue.
    Vais gostar...
    ~~~~~

    ResponderEliminar
  5. Rogerito, tens cá cada ideia! Então se fossem juntar os dia da mãe com o dia do pai, o senhor Anacleto não faria tanto negócio com os cartõezinhos e dom as prendinhas tolas e inúteis...

    Olha, a stora vai gostar da tua redação porque tem muito bom vocabulário, boa sintaxe e boa pontuação. Mas... vai zangar-se porque continuas a escrever pelo acordo ortográfico de 1945 que é antigo de mais para os meninos que andam na escola...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contas mal feitas, querida amiga!

      Imagina o que o Anacleto ganharia em baptizados?
      Prendas e cartões de aniversários?

      Quanto ao acordo ortográfico ser antigo...

      - Primeiro, não é acordo nenhum, pois nem sequer é cumprido pelos que o assinaram
      - Segundo, não é ortográfico é ortopédico pois seria útil se a escrita fosse executada com os pés
      - Terceiro, eu, que também sou de 45, sou tudo menos antigo...

      Eliminar
  6. És um criativo muito justo, Rogérito.
    Estou contigo, deviam juntar o dia da mãe com o dia do pai.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois!
      Pai e mãe juntinhos...
      Nas datas e nos carinhos

      Eliminar
    2. Deve ser muito bom! O meu filho sabe-o (eu nunca o soube).
      Beijinho

      Eliminar
  7. Já aqui o disse e hoje repito, este Rogérito é um portento, um brilhante orador, escreve que dá gosto ler e tem ideias muito sábias.
    Com quem terá ele aprendido tanto saber?
    O senhor Anacleto é um comerciante de vistas largas. Sabe bem que meninos e meninas têm algo que os distingue, mas no fundo são iguais.
    Continue a deliciar-nos com as suas redacções certeiras e assertivas.

    Feliz Dia do Pai! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com quem?
      Com meu pai!

      e o Rogérito não pára... ou será que se escreve "para"?
      (o melhor é perguntar à Graça... a ortografia certa... de acordo ortopédico ela é quem sabe!)

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Espectacular, espectacular são as tuas fotos aos acaso...

      Eliminar
  9. Um prazer conhecer este Rogérito. Ele só prova que ainda há Rogéritos sábios, assim como senhores Anacletos que não descuram o negócio.
    Rogérito, quando estiveres com um deles, com um qualquer senhor Anacleto, diz-lhe que também há o dia do piriquito, do papagaio, e de tantos outros. Ah, mas esses não têm quem compre os ditos cartões! Não, de certeza? Olha que não sei!:)

    Em todo o caso lembra-o, pode ser?!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esqueceste os dias das araras e das arvelas
      e outras, tontas e manhosas como elas

      Eliminar
  10. Continuo a "tirar-te o chapéu", Rogérito, pela fluidez, pela sensatez das ideias e até pelo bom-senso de escreveres segundo o consenso ortográfico de 1945.

    Beijinho para ti.


    Maria João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O consenso de 1945 é ortográfico, Rogério. Ortopédico, com o aparelho de gesso mal "amanhado" e os ossos mal encaixados, é o (des)acordo de 1990.

      Eliminar