03 maio, 2017

A dona Esmeralda e a vizinha do 4º andar, a conversar - (31) ["lembrando Brecht"]


[É verdade, não tenho parado. Mas... não ousem sequer pensar que esteja cansado]

Foto de CDU Oeiras.
[Com Heloísa Apolónia e com "outros" que nunca se cansam...]

4 comentários:

  1. Mais nada! Assim é que é! Sempre em frente e de pé!

    ResponderEliminar
  2. Quem trabalha por gosto, não cansa.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  3. Também me parece ver o Miranda.Bom trabalho, sempre. Beijos <3

    ResponderEliminar