05 novembro, 2017

Diálogo com o Diogo (a continuar... não sei onde, nem quando, nem como)

Foto de Andreia Couñago Pereira. 
Ele - Vô!?
Eu - Diz, pá!
Ele - O que acontece se eu escolher ser jogador?
Eu - Amador ou profissional?
Ele - O que é ser jogador profissional?
Eu - Ser profissional é viver intensamente aquilo que se faz e viver exclusivamente disso e... para isso!
Ele - Então não posso ir ser mais nada?
Eu - Podes, depois, só depois... mas há coisas que jamais poderás ser...
Ele - Diz lá coisas que depois não posso vir a ser
Ia a responder mas a bola veio ter com ele e o Diogo voltou ao jogo. Disse para mim como se lhe tivesse a dizer para ele: 
"Não poderás ser biólogo*, Diogo"
___________________
*ler aqui, em «Diogo, da "Maior Flor do Mundo" ao Polvo» as mil e uma razões porque achava que ele podia ser biólogo.