01 fevereiro, 2018

Centeno e o alívio sentido por poder continuar a malhar...


Quando percebo que me podem confundir com o lado errado, fico calado. Fico calado, que é como quem diz, não escrevo. E o tanto que tinha que escrever sobre Centeno. Agora, aliviado posso continuar a atacá-lo, mas por questões pertinentes, sérias. Sérias como aquelas que em anterior post, por interposto autor, sintetizei... 

Agora vejamos o outro lado da noticia, em conformidade com a imagem acima:
  • A RTP, na chamada à leitura, surge parecendo que nem se tenha empenhado em dar eco à atoarda;
  • O Observador, constrangido, não desarma;
  • E o Público, vem agora colocar aspas no "óbvio" pois o seu julgamento na praça pública era "apenas" no domínio ético...
Perdido para já o eco, posso então continuar a malhar nas opções políticas do Centeno, sem incorrer no risco de alinhar com o lado errado...  É o que continuarei a fazer.