27 fevereiro, 2020

26 fevereiro, 2020

«Quo vadis, democracia?»

«...Engana-se quem pensa que 48 anos de ditadura, 5 de ditadura militar e 43 de fascismo, podem constituir uma vacina contra novas aventuras, quando a própria Alemanha, onde a pedagogia e repressão antinazi foram exercidas, não conseguiu impedir a ressurreição dos demónios que atormentaram o mundo e levaram a tragédia ao seu próprio povo.» 
Carlos Esperança, in "A Estátua de Sal"

25 fevereiro, 2020

Memórias do Carnaval


As memórias que guardo não são muitas, exceptuando uma outra e aquela que aqui já me referi a ela.
A que mais perdura é uma canção com o seguinte refrão:
A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do Carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
Pra fazer a fantasia
De rei, ou de pirata, ou jardineira
E tudo se acabar na quarta-feira.

Tristeza não tem fim
Felicidade sim...