29 julho, 2016

Lagarde e o dia em que nos mandou p´ro... (fico dispensado do vernáculo)


A Christine é um grande "cromo" e o FMI uma organização da tanga (que a mim não engana). Refere no seu relatório muito divulgado, entre outras coisas surpreendentes, que lamenta a (não) reestruturação da dívida. 
Lembram-se, aqui há uns bons dois anos, de uma redacção do Rogérito e de como ficou envergonhado com aquele gesto pouco bonito?
Foi quando a Lagarde ouviu falar  em reestruturação da dívida. Precisa_mente!