30 agosto, 2016

O que aproxima "Tiradentes" de Dilma?


“A história se repete, a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa?”interroga-se Marx. E perdura a interrogação perante a farsa do julgamento de Dilma e a memória que nos liga ao percurso do povo irmão, com a execução trágica de Tiradentes.
Ligação excessiva e sem sentido?
Dilma não será esquartejada no corpo, os tempos são outros. Mas... e na alma?

Tudo isto a propósito de um texto longo, (leitura adversa para que passa com pressa...)