04 julho, 2017

Título honorífico atribuído a Maria João Brito de Sousa

Na Assembleia de Freguesia da União das Freguesias de Oeiras, Paço de Arcos e Caxias foi atribuído, por unanimidade, o titulo honorífico de mérito na classe "Arte e Cultura" à Maria João*. Pedi-lhe, ao dar-lhe a notícia, que ela escolhesse um poema seu para que assinalasse, neste meu espaço, tal acontecimento. Por "maldade" mandou-me um meia-dúzia-deles e... teve que ser minha a escolha.

SONETO DO PRODUTOR EXPLORADO
(Em decassílabo heróico)
Eu, que injectei nas veias das cidades
Sentinelas de pedra e de aço puro,
Que conquistei a pulso as liberdades,
Que asfaltei com suor cada futuro,

Eu, que paguei com sangue as veleidades
Registadas na pedra, em cada muro
E sigo em frente e moldo eternidades
A partir do que engendro e não descuro,

Não mais hei-de evocar forças ausentes!
Liberto o grito preso entre os meus dentes
Que irrompe deste barro em que me sou

E arrancarei de mim quantas correntes
Me prendam à mentira, ó prepotentes
Donos do que julgais que vos não dou!

_____________________________
*Foram ainda distinguidos: na classe ARTE E CULTURA, o Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles; na CIDADANIA E SOLIDARIEDADE, a Associação Pombal XXI – Associação dos Moradores Bairros Pombal/ Bento de Jesus Caraça, a Associação Coração Amarelo (Delegação de Oeiras) e Edson Moreira - Projecto “MoreiraTeam Kickboxing”; na de DESPORTO, Mário Wilson

18 comentários:

Donzilia conceiçao disse...

Isto é uma noticia muito boa, bem merecida pela sua nobre arte de bem fazer poesia, Há muito que esta amiga devia ser lida e conhecida. A arte que ela tem faz dela Única. Era tempo de ser reconhecida como uma poeta de eleição e não passar por tanto do que está a passar. Pela minha parte agradeço-te camarada pelo que tens feito pela Maria João de Sousa. Um dia será lida nas escolas como Camões para serem estudados os seus sonetos. Esta amiga maerece este Título votado por todos por unanimidade. Obrigada Rogério.

Elvira Carvalho disse...

Parabéns à Maria João Brito de Sousa. É um titulo bem merecido. Os seus sonetos são muito bons.
Um abraço

Anónimo disse...

É nestas ocasiões que, invariavelmente, fico sem palavras.
Resta-me agradecer-te, Rogério, bem como à bancada da CDU, que lançou a proposta, e a todos os que unanimemente nela votaram.

Os meus sinceros parabéns aos restantes agraciados.

Maria João

Anónimo disse...

Às amigas Donzília e Elvira Carvalho, um abraço do fundo do coração.

Maria João

Lídia Borges disse...

Mas que boa notícia!
Um abraço à Maria João, bem merecedora deste reconhecimento público.

Bj.

Lídia

Anónimo disse...

Parabéns para a nossa querida Maria João e para todos que como eu reconhecem o seu valor cultural e intelectual...José Manangão

Anónimo disse...

Fico imensamente feliz.Beijos Helena Fragoso

Ana Gonçalves disse...

A Maria Joao merece o reconhecimento da sua poesia, pena é não haver quem edite e publique a sua poesia.

Anónimo disse...

Muito obrigada, Lídia.

Considero-me uma muito simples, mas muito dedicada "operária de sonetos". Tenho pena de estar - temporariamente, espero... - tão incapaz de manter o ritmo anterior, mas ainda tenho alguma esperança de poder retomar um trabalho que sempre acreditei ter alguma utilidade pública.

Um grande abraço!

Maria João

Anónimo disse...

Obrigada e um grande abraço para ti, camarada poeta José Manangão!

Maria João

Anónimo disse...

Lena!!! Agora sou eu que fico imensamente feliz por te ver por aqui, companheira de sonetos!!!

Bjo grande!

Maria João

Lourdes Henriques disse...

Fico Feliz que o seu mérito seja reconhecido em Vida.
Muitos Parabéns.
Beijinho.

Domingos Barroso disse...

Mais que merecido: parabéns !

Felismina mealha disse...

Surpresa? nem um pouco, mas o poema fez-me ficar novamente embevecida.
Querida Maria João, faltam-me as palavras para lhe dizer quanto me é grato esta seu reconhecimento. Um grande x coração da Felismina mealha

Anónimo disse...

Muito grata, Domigos Barroso!

Maria João

Anónimo disse...

Um grande e grato abraço, querida Felismina!

Maria João

Guilherme Antunes disse...

Tão justo, tão justo, Maria João. Parabéns pelo teu imenso talento minha poetisa camarada e amiga. Ainda por cima um reconhecimento por unanimidade atesta, indelevelmente, a tua superior criatividade poética.

Anónimo disse...

Um excelente poema ao nível dos bonitos poemas que a Maria João já nos habituou.
Obviamente um prémio merecido.
Parabéns