29 junho, 2018

Marcelo e Trump, como num WC - Parte II


Se tivesse que interpretar a linguagem corporal e as expressões, diria que Marcelo reflete que se sente cumpridor da missão que ali levou e que Trump estaria já a clamar que o conduzissem à saída. À sua maneira, claro. Como num WC, depois de defecarem, ficou o cheiro. A cimeira da NATO é daqui a menos de duas semanas... o odor permanecerá até lá.

E qual a missão que ali o levou? Marcelo explicou:
"a Europa tem uma importância crucial para os Estados Unidos da América, porque a NATO compreende uma intervenção fundamental da Europa, sobretudo quando se olha não apenas para leste, mas para sul, e a Europa e os europeus chegaram onde em muitos casos os norte-americanos, por causa da sua história, não chegaram".
"Isso é muito importante. E eu penso que esses pontos passaram bem na conversa"

Sem comentários: