02 agosto, 2015

Avante, erguedores da cidade-de-todos-os-afectos


AVANTE!
Hoje, foi onde estive.
depois de antes, e antes, lá ter lá estado...

Para erguer qualquer cidade
são necessários vários níveis e estádios
de engenharia, arte, força e vontade
em desempenho colectivo

Para a Festa, a tal que "não há outra como esta",
todos os contributos são competências
As minhas, tidas por inferiores, terão servido ao que foi devido
E se em tempos fui abastecedor de pregos, controlador de martelos,
escolhedor de madeira, aferidor de nível, varredor de serradura,
vigilante e conferente de bancos
para que possam servir o povo, de novo,
hoje fui a vigésima quarta mão
de todas as mãos que se juntaram ali

Fomos os erguedores de torres e de sonhos
na cidade-de-todos-os-afectos 
Rogério Pereira

2 comentários:

  1. Acredito que é trabalho árduo, preparar uma festa tão grandiosa.
    Um abraço e boa semana

    ResponderEliminar