14 junho, 2016

Portugal "...mãe, correu mal?", "Não filho, só que...não correu bem!"


Fica a expressão optimista de quem julga que nem tudo está perdido
Apesar de não ter vencido.
 _________________________
NOTA: A foto já tem uns anitos e data de uma altura em que se acreditava poder ser o Diogo um segundo Ronaldo. Embora ele marque excelentes golos à avó (e não só) acho que ele tem mais tendência para biólogo.

13 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Esperemos por melhores dias. Afinal é o nosso fado. Na vida, no futebol, no emprego, andamos sempre à espera de melhores dias.
Abraço

Agostinho disse...

Como sempre?
Assim, assim?...
Estamos à espera de um euromilhoes
e saem-nos sempre tostões....

Mas ainda falta muito jogo, não é, Rogério?

Fátima Ceia disse...

Pois é: somos muito bons, mas lá ter sorte, coitadinhos, não temos...Como se dizia na minha família " a sorte quer-se ajudada"
Vamos deixar de ser "coitadinhos"?

Anónimo disse...

Que ele venha a ser feliz naquilo que escolher vir a ser, mas... já estou como tu; é bem capaz de vir a ser biólogo, sim! :)

Maria João

Majo Dutra disse...

~~~
Podia ter sido melhor...
O que é usual referir como «andar na mó de baixo»...
~~~~~~~~~~~~~~

Fê blue bird disse...

Amigo Rogério,
o Diogo vai ser biólogo, já tínhamos combinado :)
Quando ao jogo , muita parra, pouca uva :)
A foto está um espanto!


Um beijinho

Rogerio G. V. Pereira disse...

Querida amiga

o futebol é tão só e apenas a coisa mais importante de entre as coisas que não têm importância nenhuma

Rogerio G. V. Pereira disse...

Falta muito jogo...
e falta muito mais povo

Rogerio G. V. Pereira disse...

Fátima

repito
o que tanto tenho dito

o futebol é tão só
e apenas
a coisa mais importante
de entre as coisas
que não têm importância nenhuma

Rogerio G. V. Pereira disse...

Sabes qual é o verdadeiro problema
é que esta sociedade limita-os na liberdade de escolha
não fora isso
seria, talvez, esse o caminho

Rogerio G. V. Pereira disse...

«andar na mó de baixo»
pouco tem a ver com o futebol
mesmo campeões
vai ser difícil «andar na mó de cima»

Rogerio G. V. Pereira disse...

seria boa sina
tudo o que entre nós se combina

os fotografados são um espanto!

:D

Anónimo disse...

Eu sei... este curso "não tem saída", aquele só garante o acesso a um café que tenha muitos clientes e esteja a precisar de empregados de mesa, um outro, ainda, caiu em desuso e está "em vias de extinção"... eu sei, Rogério... :(