08 fevereiro, 2015

Geração sentada, conversando na esplanada - 82 (...e se a Jangada de Pedra for a Grécia?)

(ler conversa anterior)
«Ou seja, para além de deter enormes reservas de petróleo e gás, a Grécia possui todos os outros atributos para operar como um nó logístico estratégico no transporte e distribuição dos hidrocarbonetos do Levante: portos para GNL e localização geográfica para a instalação de um gasoduto.» in "Expresso, Fevereiro de 2013"
«BRICS alteram a Ordem Mundial, mas ninguém fala em tal.» Eu, "aqui, em Julho passado"
«Durante a recente visita a Moscovo do dirigente chinês Li Keqiang, chefe do Conselho de Estado da China, as partes confirmaram o desejo mútuo de aumentar ao máximo o pagamentos de suas contas em rublos e yuans, referente as trocas comerciais entre os dois países.» in "Rússia e China abandonam dólar americano", Nov. 2014

Desdobrei o pequeno papel e coloquei-o sobre a mesa. Peguei na chávena, dei um pequeno sorvo e enquanto a pousava ia lendo as pequenas notas que tinha alinhado. O velho engenheiro, ouvia-me atento. Quando achou que eu tinha acabado, comentou, "A única surpresa não é surpreendente, porque será que a imprensa se cala?" Achei que aquele comentário era um estímulo. Meti a mão no bolso e tirei um papel papel maior, este impresso, e estendi-lho e ele leu atentamente. No fim, comentou assim "Neste Mundo feito de mudança, não me admirarei se a Jangada de Pedra vier a ser a Grécia. Posso guardar este escrito?"
(se o meu leitor o quiser guardar também, aqui o tem)

4 comentários:

  1. Estupendo «post».

    Adoro penínsulas...helénica, itálica, ibérica!

    Beijo

    ResponderEliminar
  2. O tempo vai dar razão

    aos que sempre a tiveram
    Arquiva

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida que no mundo se desenham grandes mudanças e a Grécia pode ser o detonador.
    Bom trabalho.

    ResponderEliminar