28 fevereiro, 2015

Das 10,30 às 13,00h e depois das 15,00 às 18,30h! Tudo reduzindo à expressão facial de fugazes 30 segundos, num qualquer canal. Um pequeno espaço que foi excepção que apenas confirma a regra: "O que a televisão não fala ou não mostra... não existe"! Falso, eu estive lá!

Diz um comentador encartado com a autoridade de quem meteu a Democracia na gaveta dos silêncios bem guardados, com o beneplácito de quem de facto decreta tal acto e do qual ele é "apenas" o arauto.
(amanhã edito alguns vídeos... atrevidos, rompendo o silêncio)

6 comentários:

Majo disse...

~
~ Gostava de ter estado lá.

~ Então, amigo, como foi?

~ ~ ~

Rogério G.V. Pereira disse...

Majo,
Conto tim-tim-por-tim-tim
Da parte da manhã foi assim e o resto, de tarde, foi como lhe passo a contar, até acabar

Amanhã faço uma síntese

Majo disse...

~
~ Como sempre, verdadeiro, unidicador e efusivo,
~ Gostei. Beijo.

Lídia Borges disse...


Existe não duvido, mas de facto, o poder da televisão é uma realidade inegável. Pena que esteja sempre ao serviço dos poderes dominantes.

Bom domingo!

Fernanda Maria disse...

Aguardo amigo Rogério.

beijinho, bom domingo e boa semana

Elvira Carvalho disse...

Como cantava o poeta "Há sempre alguém que resiste"
Venham de lá esses vídeos.
Um abraço e uma boa semana