15 outubro, 2015

Edgar, acreditem ou não, é meu irmão!


«Quem acolhe o grito dos pobres?...Quem, em nome da República, dá expressão aos interesses dos trabalhadores e aos seus direitos no emprego? Quem responde por milhares de desempregados e pelas condições de vida e de trabalho?... Quem, nesta República, ouve o clamor da Terra? Quem acolhe o grito da Natureza? Quem responde pelos danos humanos e ambientais, como o das aldeias sem vida, da desflorestação, dos fogos florestais, dos mares e dos rios poluídos, da destruição das fontes de água doce e dos obstáculos ao fundamental acesso à água potável e pública? Quem escuta as vítimas do actual modelo de desenvolvimento, produção e consumo? Quem assume responsabilidades pelas nocivas alterações dos ecossistemas e pela perda da biodiversidade?»
 Quem
Querem que eu fale de outro candidato? Não estiveram atentos?
 Já falei... que "não há mais sapos para ninguém!"
 (é que é raro eu ficar calado)!