19 outubro, 2015

"prefiro mil vezes os credores aos comunistas"

Se o gesto não é tudo, o esgar vem mesmo a calhar. E as frases também!
Ainda a dívida não era tanta e o homem já se preparava para que o fosse.
Uma sugestão: pegue num bloco e num lápis e entre numa loja do Pingo-Doce
Anote: De um lado o que se produz no país, do outro lado o que é importado
Ache o saldo e encontrará a resposta para esse ar alucinado.
(amanhã farei isso!)