03 abril, 2018

O regresso da ISA GT e o seu horroroso alerta...


A Isa era uma nossa amiga. Deixou saudades a sua partida e também deixou interrogações sobre o silencioso, porque não explicado, abandono do seu espaço. 
O seu último post embora não contivesse nenhum aviso, se bem lido (e visto) fazia adivinhar a decisão, pois não era nem doce nem travessura
Lembram-se dela?

A Isa, apareceu agora e tivemos, os dois, comentários cúmplices. A fechar, enviou-me um último, que depois veio a retirar. Contudo, cheguei a recolher a mensagem que me abstenho de reproduzir na integra. Fica este extrato:
(...) Desfiar séculos de corrupção e manipulação não cabe em caixas de comentários e, cada um tem de investigar por conta própria, porque contado é demasiada informação que só se pode digerir, se for tomada em colheres de chá para não dar um curto-circuito no nosso computador biológico que já andam a tentar fazer download para um chip e, se não acredita, veja a nova empresa do "testa de ferro" Elon Musk porque, até vai ser fácil roubar a alma a quem não souber que a tem.

30 comentários:

  1. Respostas
    1. Gostou?
      Eu não!
      ...é que é mesmo um horror!

      Eliminar
    2. Rogério
      E é assim que eles pensam ganhar... com "zombies" lol

      isa

      Eliminar
    3. Teste do chip: funciona
      (e nas redes sociais
      há mais)

      Eliminar
  2. Agora que vi a sua fotografia, sim, lembro-me da Isa GT!
    Grande blogger! Lá no seu estaminé, tanto passava receitas de pataniscas como dissertava sobre política e descascava nos políticos corruptos, sem dó nem piedade!
    Nem os melhores blogues que falam sobre política lhe levavam a palma.
    Grande Mulher!
    Pensei que tivesse ido viver para fora do país...

    Saudações para ela, e votos de tudo de bom na sua vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois deste seu comentário
      talvez regresse à luta

      Oremos

      Eliminar
  3. Embora nunca tivesse - até hoje...- visitado o blog da Isa GT, recordo a sua imagem de perfil.

    Quanto à Ciência que tanto amo e respeito, não será contra ela que me ergo e sim contra o que alguns pretendem fazer com ela. Não é religiosa, a minha grande preocupação. É ética. Ética e socio-política.
    Não será por mim que me preocupo, já que a minha esperança de vida não é longa e, exceptuando as mazelas físicas, gosto de mim como sou, não anseio nem nunca ansiei por "cocktails" químicos ou electrónicos que potenciassem as minhas já satisfatórias capacidades cognitivas.

    O trabalho criativo e a constante aquisição de conhecimentos sempre me bastaram para manter uma razoável lucidez.

    Preocupam-me, no entanto, os que irão ficar depois de mim e o inevitável aprofundamento do fosso entre exploradores e explorados que tudo isto implicará.

    Espero que a Isa GT esteja bem, dentro do que é possível estar-se nos tempos que correm.

    Abraço grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As únicas notícias que me chegam da Isa, são esses comentários...

      Eliminar
    2. Maria João B. Sousa

      Tenho estado bem mas, numa intensa busca pela Verdade mas, principalmente, sobre a razão do Mundo estar como está relativamente ao comportamento dos seres humanos (ainda me lembro do tempo em que as pessoas sabiam ajudar-se em vez deste me/me/me, tudo, já, agora e, nos próximos 10 segundos), confiando mais em políticos do que nelas próprias e no seu poder de mudar o Mundo para melhor. (Não somos culpados porque fomos tão manipulados e tudo tão corrompido, de várias maneiras que, isto não se descobre em dias, nem meses, eu já gastei anos e posso-lhe garantir que desde ciência em vez de pseudociência, política e religião, já não posso quantificar o que li, o problema é quando se quer explicar a alguém, um bocadinho da "meada"... olham para mim como se eu tivesse vindo de outro Planeta lol

      Tem sido um longo e lento desenrolar de "meadas" e, quando penso ser a última, aparece mais meia dúzia mas, farta de ser ingénua, me perdoe a expressão:
      " Irra que estava farta de nunca perceber nada e de irmos sempre de mal para pior" (a maioria nem consegue perceber este simples facto) e, de pequenina apelidada de teimosa, descobri, com o tempo que apenas sou perseverante até à exaustão e, nem que gaste anos, como tem acontecido, nem imagina o que já consegui saber. Como metáfora, tem sido como juntar milhares de peças de puzzle, sem ter como guia a imagem da capa da caixa (e se há coisa que eu gosto é de desafios).

      Uma coisa já tenho a certeza, o Verdadeiro Conhecimento tem-nos sido sistematicamente sonegado, corrompido e manipulado e se continuarmos a fazer o mesmo como até aqui, direi que será mesmo o fim da espécie humana, até pode parecer uma espécie idêntica mas, mais conveniente a uma elite de psicopatas muito perseverante nos seus escuros objectivos e, com muita "criadagem" que nem sabe o que anda a fazer porque cada um deles só tem acesso a informação fraccionada.

      No entanto, com base naquilo que já sei, nunca fale que está no fim porque, com essa, também nos enganam, porque a nossa energia é eterna e é essa energia que também querem controlar.
      Descaradamente o CERN diz querer espreitar para outras dimensões e ainda nos "espeta na cara" com o seu símbolo 666.
      Se conseguisse ver aquilo que julga ser sólido, até uma pedra, são pequenas partículas que vibram numa frequência tão baixa que julga ser "sólido". Esta nossa ilusão é como quando ajusta a frequência para apanhar uma estação de rádio o que não implica que as outras estações não estejam lá.
      "Se quiser descobrir os segredos do Universo, pense em termos de energia, frequência e vibração" - Nikola Tesla.

      O maior segredo para começar a perceber alguma coisa: Tudo tem a ver com Tudo. Nada de tentar perceber como funciona o Mundo, como se os assuntos estivessem todos arrumados em "caixinhas", isso é o que eles sempre quiseram que cada um de nós só veja o que está dentro das caixinhas que foram "bem" atestadas por "especialistas".
      (continua)
      isa

      Eliminar
    3. Maria João B. Sousa

      (Continuação, porque quando começo fica, sempre, muito mais por dizer lol)

      Quem acredita que não há mais nada do que isto por aqui, pense na Lei da Física (simplificada mas que diz tudo):
      "Energia não pode ser criada nem destruída, apenas pode mudar para outra forma" e desta vez, querem mesmo arranjar uma forma de a controlar para toda a eternidade.

      Sempre me fez confusão a razão de uma pequena elite, durante gerações e gerações, nunca se satisfazer com triliões, Poder e Controle e, se ando muito ocupada, ainda tenho o resto das peças para encaixar mas, uma coisa posso garantir, o tempo começa a escassear e os problemas, lhe garanto, não são só para os que irão ficar depois de si.

      A primeira coisa que todos deviam fazer, era desligar a televisão :)
      Nos tempos que correm, tudo seria possível, se as pessoas "acordassem". E quando eu falo em acordar é procurarem o Verdadeiro Conhecimento, sem intermediários, nem "papagaios" ;)
      Por acaso passei agora por aqui para desanuviar de uma leitura massuda que me vai levar uma dúzia de horas "a digerir" e posso confessar que quando há muitas décadas andei na universidade, não queimei tanto a pestana, aquilo foi como passar pelo infantário :)

      Tudo de bom para si e, se não deixar meter um chip para "facilitar" os pagamentos, nem mais químicos para a sua "saúde", "talvez" nem tudo acabe por aqui :)
      isa

      Eliminar
    4. Obrigada por me ter respondido tão calorosamente, Isa.

      Acredite que também eu penso e produzo em termos de energia, frequência e vibração e entendo que tudo está ligado a tudo, para além de nem sequer ter televisão.

      Com uma ou outra brincadeira pelo meio, hé onze anos que "desenrolo meadas" neste espaço sem coordenadas, encaixo pacientemente as pecinhas do puzzle e, como conheço e aceito as minhas humanas limitações, vou-as desenrolando por aí - às meadas... - em centenas ou milhares de sonetos. Também as quadras, décimas e sextilhas me proporcionam uma perfeita base de suporte para a energia, para os fios das meadas - ainda que com alguns nós... - e para a cadência da vibração.

      Sim, sei que os problemas também são meus e que os sinto na pele há anos, não vivesse eu num mundo onde tudo e mais alguma coisa tem um preço em cifrões (euros) muito superior ao que me é (con)cedido mensalmente; 186 euros. Sinto-o, mas não deixo de temer mais pelos que futuramente caminharão sobre este planeta do que por mim mesma. É que este percurso não irá durar muitos mais anos para mim e os jovens, bem como os seus filhos, netos e bisnetos, terão uma longa caminhada pela frente. Pensar como eu penso, não é uma louvável qualidade. É apenas uma característica do ser humano, segundo acredito.

      Quanto a chips, pode estar descansada; não deixarei que me introduzam nenhum, muito embora necessite mesmo de alguns químicos para me manter viva por mais algum tempo. E não se assuste porque há muitos anos que conheço os químicos, bem como este meu corpo com algumas malformações congénitas, e não estaria por cá desde o Verão de 1973 se os não tivesse tomado. Se gosto de os tomar? Não, não gosto mesmo nada, mas ainda estou viva, bem desperta e suficientemente lúcida para recusar toda a espécie de "implantes" com que possam aliciar-me para potenciar as minhas capacidades cognitivas. Os que tenho mesmo de utilizar actuam sobre a fluidez do meu sangue, dilatam-me os brônquios, fazem com que as hemorragias urinárias e as cólicas renais abrandem durante uns tempos, ou com que os ossos me sustentem em vez de se desfazerem em pedaços. Uso alguns remendos químicos, sim, mas não estou, nem nunca estive à venda. Talvez por isso mesmo - até pode retirar o talvez - a minha vida sócio-económica tenha, há muito, chegado ao nível da pobreza extrema.

      Mais uma vez lhe agradeço a atenção da resposta.

      Tudo de bom para si, Isa.

      Eliminar
    5. "Talvez nem tudo acabe por aqui". Tenho lido muito e cresci entre alguns dos grandes homens da cultura do século XX, mas confesso que nunca encontrei uma resposta filosoficamente mais interessante do que a que uma das minhas filhas me deu quando lhe disse exactamente essas palavras. Estava a tentar dourar um pouco a pílula, já que ela, na altura com os seus cinco anos, começara a tomar conhecimento da sua própria mortalidade. A seguir a essa frase, acrescentei; talvez venhamos a ser animais livres, talvez alguns de nós se transformem em belas águias... (ela sempre gostou muito de animais humanos e não humanos...)

      Olhou-me bem nos olhos e perguntou: - E se eu um dia passar a ser uma linda águia, lembrar-me-ei de mim, como sou agora? Lembra-me-ei desta nossa conversa?

      Não interessa o que lhe respondi, nem de tal guardo memória. Conhecendo-me como me conheço devo ter respondido que muito provavelmente não.

      Não tenho uma memória especialmente desenvolvida, muito pelo contrário, é muito selectiva e recusa-se a guardar dados que por vezes me fazem falta, mas nunca esquecerei que o essencial está nesta resposta que uma criança de cinco anos me deu.

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Não percebo,
      caro Gil
      se isto é um comentário
      ou
      slogan publicitário

      Eliminar
  5. Li. Infelizmente nunca conheci o blogue da Isa GT. Mas tenho lido com atenção os vários comentários que tem deixado no seu blogue em várias postagens. Algumas coisas são aterradoras, e nem duvido que sejam verdadeiras. Por isso me aterram. Quando não acreditamos resvalam por nós e não nos incomodam. Lamento pelo mundo que a minha neta e os seus descendentes terão pela frente.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Elon Musk fala e mexe
      por isso existe
      E a Neuralink
      já testa o chip

      Eliminar
    2. Elvira Carvalho

      Não tenha medo, isso também faz parte do "programa" porque quando temos medo ainda somos mais controláveis.

      A verdade é que quem pensa que isto está mau, até pode multiplicar por 1000 e ainda fica longe da realidade mas, medo não adianta e, se eles andam a censurar informação na net, neste momento eles também têm medo porque há muita gente a ter acesso à verdadeira informação e a "acordar" (Saber continua a ser Poder)

      Se não quiser investigar nada, e seguindo o que eu respondi noutro comentário, cuide da sua energia, no fundo até é simples, basta viver praticando o bem porque
      o que eles sempre quiseram foi dividir-nos para reinar e, tem resultado mas, quem sabe, com tantos a ter acesso à informação e a passar o que eles chamam de "falsas notícias", globalmente, talvez encontremos uma solução e eles não consigam rematar o "serviço".

      Há muita coisa a acontecer e, não pense que já têm a vitória assegurada, aqui em Portugal é que somos um bocadinho mais crédulos mas, há muita gente que sabe do mesmo que eu ou até mais, o problema é só se preocuparem com a vidinha deles.
      Nós, cá em baixo, só temos de reaprender a ajudarmo-nos sem esperar nada em troca. A minha energia, definitivamente, não a quero deixar por aqui e medo é só falta de confiança naquilo que poderíamos fazer todos juntos :)
      isa

      Eliminar
    3. Rogério
      Deixei o blogue e, hoje, ele até parece fazer parte de uma outra vida. O último vídeo foi realmente o começo da "viagem", toda confiante de que ia ser simples e "armada em jornalista de investigação" lol

      Depois aconteceu que, por vezes, até tive de parar porque a nova percepção do Mundo era realmente assustadoramente inacreditável.
      Como um véu que se rompe e vemos que a realidade não é nada daquilo que imaginávamos e, tal como aconteceu a muitos outros, passamos ao que se assemelha às 5 fases do luto:

      1.Negação e choque
      2.Raiva
      3.Negociação (Se calhar até estou a ver mal)
      4.Depressão (Não fazer mais nada porque isto é um Mundo de m****)
      5.Aceitação (e, ter que satisfazer a curiosidade, saber até onde chega o pântano, para descobrir que tinha de recuar na História para perceber alguma coisa e, afinal, até a História nos foi mal contada)

      Os dias passam, os meses passam, às vezes até me esquecia de dormir e, hoje, passados quase 5 anos, mais ou menos, já tenho uma visão aproximada de como o Mundo realmente funciona e qual o verdadeiro objectivo de nos manterem ignorantes e distraídos.

      George Orwell quando em 1949 publicou o livro 1984 e Aldous Huxley não escreveram de cor e salteado, nem eram bruxos, já nessa altura, apenas tinham acesso a Informação privilegiada.

      “There will be, in the next generation or so, a pharmacological method of making people love their servitude, and producing dictatorship without tears, so to speak, producing a kind of painless concentration camp for entire societies, so that people will in fact have their liberties taken away from them, but will rather enjoy it, because they will be distracted from any desire to rebel by propaganda or brainwashing, or brainwashing enhanced by pharmacological methods. And this seems to be the final revolution” - ― Aldous Huxley

      E vou continuar a minha caminhada e, o único blogue em português que agora visito, é o seu. Blogues de americanos, ainda se deve lembrar porquê, também sei o que verdadeiramente se passa na Suécia, Inglaterra, Itália... umas "coisitas" que nunca passarão na tv.

      Quando o Mundo começa a pertencer a meia dúzia de Corporações, onde a própria informação tem dono, está a ficar cada vez mais difícil separar o trigo do joio e aí é que entram as outras peças do puzzle que já foram verificadas de várias maneiras.
      Por enquanto, a única coisa possível é espalhar o que se sabe e, quando eles fecham de um lado há centenas a repetir essa informação até, também lhes "tirarem o pio". A net é uma tecnologia militar que nos foi dada para nos controlar mas, não tem corrido tudo como eles queriam, daí andarem a tentar arranjar maneira de estancar a "inundação" ;)
      A censura anda a todo o vapor e, quando é preciso notícias para manipular a opinião pública, milhões não lhes falta mas, com tantos olhos a ver, às vezes descuidam-se e repetem os "actores ou actrizes".
      Naturalmente, desaparece imediatamente o vídeo ou são fechados de vez. Ultimamente tem sido uma razia como eu nunca imaginei poder acontecer mas, como diz o povo, até ao lavar dos cestos é vindima ;)

      isa

      Eliminar
    4. Dizes "E vou continuar a minha caminhada e, o único blogue em português que agora visito é o seu."

      Apanhado de surpresa, e perante o lido
      só te digo

      Continua!
      Mudar o mundo não custa muito, leva é tempo.

      Eliminar
  6. Também a seguia e também estranhei o seu desaparecimentos destas lides. De facto, não é fácil aguentar todas esta manigâncias "porcas" por que nos fazem passar. Nas suas mãos, não passamos de marionetas de papel pardo...

    Sad, very sad...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aquilo que chama manigâncias porcas já certa comunidade cientifica lhe dá suporte... e o projeto, se não me engano, está a ser financiado pelo governo americano... meta "Neuralink" no google

      Eliminar
    2. Notícias da Neurolinkdá-a como tendo passado à clandestinidade.

      Mas a CIA sabe!

      Eliminar
    3. Rogério
      Há o Governo americano, sem Poder nenhum e uma organização controlada por um grupo que, cada um que vai pesquisando vai tentando dar um nome ora culpando os "illuminati", os Jesuítas, a Maçonaria... o mais interessante é que os que pertencem a esse grupo que está no topo e controlam tudo a nível global, não deram nome a eles próprios, a melhor maneira de confundir tudo.

      É certo que por todo lado, em todos os Continentes e em todas essas organizações, introduziram a sua própria criadagem (de todas as classes, não são só ricos e milionários) em que George Soros ou Henry Kissinger, no meio da criadagem, serão tipo mordomos mas, aqueles que verdadeiramente controlam tudo, não mostram a cara em lado nenhum e vêm de longe no tempo, talvez uma linhagem vinda da Dinastia Flaviana que governou o Império Romano entre 69 e 96 (Constantino nasceu com o nome de Flavius Valerius Aurelius) o tal que fechou os líderes religiosos numa sala, guardados por centuriões romanos e se não arranjassem uma religião "adequada" a controlar as massas, não saíam de lá vivos, a razão de terem corrompido as escrituras e o verdadeiro conhecimento esotérico da filosofia que andava a "acordar" muita gente, já nessa altura.
      Outra linhagem possível será a família romana Piso que também ajudou a adulterar o verdadeiro cristianismo. O mais interessante é que conseguiram adulterar Todas as Religiões (esta é uma das partes mais difíceis de "engolir"mas, que consegue pôr muita gente ocupada e a discutir que a minha religião é melhor que a tua ;)

      Uma coisa que poucos sabem é que a 1ª reunião de Trump, mal foi eleito, foi com Henry Kissinger, digamos que lhe deve ter dado as "Instruções" porque isto de andar a matar Presidentes americanos, já ia começar a dar nas vistas ;)

      Banqueiros, milionários e políticos, até aí, muitos encontram o fio da meada , depois temos de perceber que há realmente um Conhecimento escondido (Conhecimento do Oculto que as pessoas pensam significar muita coisa mas a palavra só significa escondido) uma Facção aproveitou esse conhecimento para escravizar a Humanidade e aqui, haveria muito para explicar e tem, realmente, objectivos bastante escuros para todos nós.

      Digamos que esse grupo, praticante do Dark Occult, há séculos que funciona tipo "Mafia ou "Franchising", a nível global porque muita gente continua a não entender como é fácil poucos conseguirem controlar o Mundo. Essa é a parte mais fácil. Poem todos a fazer o trabalho que eles querem mas como, cada parte só faz a sua parte, nunca chega a perceber a sua contribuição no Todo e qual o Verdadeiro Objectivo Final.
      O que cada uma dessas partes faz, é fácil de mostrar, a soma delas todas, já começamos a poder imaginar, pelo menos os que ainda não se tornaram zombies ;)
      isa

      Eliminar
  7. Boas!

    Fiquei a saber que a Isa GT tinha o meu espaço virtual da contagem crescente na sua lista de leituras... não fazia a mínima ideia pois acho que os seus pensamentos nunca foram lá despejados!

    Quanto ao resto... O futuro será sem dúvida de Umanóides, afinal de contas estou FARTO de demonstrar que a degeneração do animal Umano é imparável e já vai numa fase avançada, passou o Ponto de Não Retorno.

    VIVA A UMANIDADE!
    Abraço
    voza0db

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pá, alto aí, desde tempos idos a coisa vem melhorando e eu não diria tanto... por exemplo, eu, septuagenário, a esta hora já estaria com os pés p´ra cova... podes vir dizer, pois para m***a que andas a fazer pouca adianta à salvação da espécie... mas sabes? a esperança será a última a morrer... e como dizia o cão ao cego: vamos ver!

      Eliminar
  8. Que saudades eu tenho da ISA GT!Vou já lê-la. Obrigado pelo aviso, Rogério

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ler Isa?
      Não saia daqui, pois não precisa
      basta ler o que está acima

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Enganado? Ah, seu apressado
      displicente e leitor pouco atento e dedicado
      Com que então, não passou do "titalo"...

      Ó Carlos, vá leia tudo...
      peça-me desculpa!

      Eliminar
  10. Olá Rogério

    A Terra neste momento está de forma quântica, a dividir-se em duas linhas de tempo. Na linha de tempo da Evolução humana que tem em Consciência O Espírito temos a Nova Terra, a Terra de Seres Soberanos, a sua gravidade, como força multidimensional já foi detectada pelos cientistas tridimensionais a dizer chega, não sabem explicar, dizem que é o Nibiru, o Planeta X e por aí vai, pois não é visível em 3D - Esta é a Terra do Algoritmo Divino e da Magia.

    A segunda a linha de tempo, é esta mesma Terra dual e de Seres que não querem assumir a sua responsabilidade de criadores, nem a liberdade como Seres Soberanos, mas sim, mais segurança e conforto. Esta é a linha de tempo da grande maioria. De qualquer forma e como criadores da sua própria realidade, parece que os humanos escolheram uma realidade sintética onde o cérebro humano atingiu o seu máximo e foi ultrapassado pela IA, esta é dual e impera o algoritmo binário, tal como uma máquina que se chama cérebro, mas sendo este muito mais limitado. Não se pode atribuir a responsabilidade a outros fora de "nós"... pois quem deu a permissão?

    Um grande abraço, Rogério

    ResponderEliminar