18 abril, 2018

Siria, outro bombardeamento, outras vítimas

«O conflito Sírio conheceu novos desenvolvimentos na última semana. A coligação ocidental formada pelos EUA, França e o Reino Unido, atacaram posições do regime controlado por Bashar Al-Assad. Este ataque surge como retaliação pelo uso de armas químicas contra a oposição rebelde em Ghouta oriental. O serviço Telenews registou um total de 124 notícias e 4 horas e meia de emissão sobre o tema»
Claro que, ao meu estílo, com este texto introduzo uma irónica analogia. O bombardeamento que refiro é com notícias. A negrito sublinho o tipo de arsenal usado. Quanto à intensidade de fogo, "de salientar a cobertura da RTP1 com 2 horas de emissão e 50 notícias emitidas".

As vitimas, os incautos telespetadores, desconhece-se  o balanço e o estado em que ficaram as cabeças. Já, como pode ler aqui, "O balanço militar do bombardeamento de 14 de Abril é surpreendente : 103 mísseis teriam sido disparados pelos Aliados. Teriam sido destruídos 71 em vôo pelo Exército Árabe Sírio. Um laboratório militar desocupado teria sido arrasado e instalações de dois aeródromos foram atingidas. Este dilúvio de fogo não teria causado mais que três feridos e não teria matado ninguém. Se Donald Trump, Emmanuel Macron e Theresa May queriam mostrar a sua força, acabaram sobretudo mostrando a sua impotência."

11 comentários:

Maria João Brito de Sousa disse...

OU - usando também um pouco de avinagrada ironia, friso -, terão demonstrado a sua tão apregoada "perícia cirúrgica".

As leituras dos factos serão sempre múltiplas e subjectivas, mas eu confesso já que me deixei impressionar pelo bombardeamento de 14.04.2018.

Abraço-te, Rogério.

Anónimo disse...

Três pessoas para nos Distrair dos Milhões que andam a matar a nível global, incluindo por aqui e, qualquer aparelho que detecte Wi-Fi até lhe pode dizer a rede que está a emitir em 5G.
Suponho que já deixei dois, talvez demasiado longos com muitos pormenores mas, este, acabou de sair e não cansa muito, para quem não aguente ver mais do que 1 minuto e 7 segundos.

https://www.youtube.com/watch?v=4_nzAfRouPU&feature=em-uploademail

As cidades vão virar como se vivêssemos dentro de microondas e ainda falam disso como se fosse uma maravilha. Uns vão saber e, outros, vão adoecer e morrer na total ignorância mas, que interessa isso se, algures, lá longe e, em segurança, alguns fizerem mais uns triliões.

https://tek.sapo.pt/noticias/telecomunicacoes/artigos/aveiro-pode-ser-a-primeira-cidade-5g-em-portugal

Dentro da minha casa entram sem minha autorização 6 redes de Wi-Fi e, uma delas, 5G e quanto a contador smart, não responderam por carta à minha exigência de não querer um smart mas, montaram-no à socapa do lado de fora da porta e antes da hora normal de serviço (nem adianta mandar tirar, as 11 "ovelhas" dos meus vizinhos acham tudo normal) coincidência ou não, já houve 2 AVC no prédio e ainda não chegámos a meio ano da "maravilha".

O Deus Dinheiro passou a ter Poder de vida e de morte, quer sigamos o culto ou não.
Se avisam que um smartphone só pode ser usado uns minutos por semana (em letras miudinhas) imaginem viver rodeados de radiações com mais uns zeros.
Isto sim, é um assunto que devia interessar um Governo mas, nós estaremos mesmo na Agenda deles?

https://web.archive.org/web/20160329224248/http://www.tvi24.iol.pt/politica/rui-rio-antonio-costa-porto-lisboa-bilderberg/966700-4072.html

Para os que "comem muito queijo" e ficam com tendência a esquecimentos, deixei o link de uma notícia de 27 de Junho de 2008. Já que estou a ser "cozinhada" em 5G, no mínimo que esta fique escrita, no caso de eu me esquecer e, assim, poder relembrar que, até aqui, 2008 ou 2018, memória nunca me faltou.

O Título da notícia era deveras interessante e o "recheio" ainda melhor:

"Rui Rio e António Costa juntos no Clube Bilderberg

Autarcas de Porto e Lisboa cultivam amizade. Clube é famoso por impulsionar figuras políticas até ao topo"

Enquanto levam uns até ao Topo, vão pondo a maioria, enterrada a 7 palmos.

Me perdoe Rogério eu estar a abusar na dose do vinagre mas, o AVC, do meu vizinho do lado que "vendia saúde", se as "coincidências" continuarem, comigo, o vinagre ainda vai ficar esgotado.

Mafalda

Rogerio G. V. Pereira disse...

Mafalda

o vinagre continua a ser
aquilo que acho
ter continua aptidão para o uso

Quanto a Bilderberg
tô farto de saber

https://conversavinagrada.blogspot.pt/2014/07/a-dona-esmeralda-e-vizinha-do-4-andar.html

Elvira Carvalho disse...

Amigo vou passando, vou lendo, vou seguindo links, e se não deixo rasto, é porque não me sinto à altura de comentar os temas.
Abraço

Larissa Santos disse...

Isto é tão triste. :))

Hoje:- O que a alma quer dizer.

Bjos
Votos de uma Óptima Quinta-feira

Rogerio G. V. Pereira disse...

Factos são factos
e não fogos-fátuos
engendrados

Rogerio G. V. Pereira disse...

Elvira, mas é tão simples...
temos uma imprensa a soldo
de nações agressoras.

Lembras-te do Iraque? Lembras-te da Líbia?

Rogerio G. V. Pereira disse...

Até mete raiva!

Maria João Brito de Sousa disse...

Claro que são, mas eu levanto-me cedinho e, nesse dia, soube da notícia por fonte que considero segura. Não te esqueças de que não tenho o televisor a funcionar. No momento em que recebi a notícia, não fazia ideia de que não haveria mortos. Por segundos, nem sequer fiquei muito segura de que a Terra continuasse a ser um planeta habitável, algumas horas depois do bombardeamento. Reagi. Escrevi um soneto reactivo.

Penso que me ficou gravada na pele a indelével memória da guerra fria.

Anónimo disse...

Esqueceu-se do "Marcelinho", um Sistema criado com a matemática "perfeita", 2.413.956 votos passam a 52% e a Presidente de Todos os 10.325.500 portugueses, nessa altura porque, hoje, já somos menos.
Votar para euro-deputados que não podem propor, nem vetar Leis e, aprovar coisas no Parlamento vindas "de fora" por estarmos algemados a uma Dívida que não pára de crescer... "A bem dos Portugueses" quase me fez vomitar... devo estar a abusar do vinagre...

"Presidente da República espera que os consensos possam ser alargados a outros partidos e parceiros sociais... a bem dos portugueses".
Com mais "dois criados" da Elite que quer controlar tudo e todos, nas zonas rurais até vão "espetar" com a "magnífica" tecnologia 5G (daí precisarem alterar o "Poder" local) de certeza que, os portugueses não vão morrer por comerem muito sal nem muito açúcar.

A "bem dos portugueses" porque é preciso silêncio para que as "ovelhas" possam morrer, sossegadamente e, de preferência, sem balir.
Quando em 1998 ele foi convidado pelo grupo Bilderberg, espero que lhe tenha sabido bem o "chazinho" e, mais um que eles podem pôr na Lista dos que fizeram subir até ao Topo.
Quando se "acorda" para a Verdadeira Realidade, este abreviar do serviço que começou em 1974, mais uma estranha coincidência, com uma Agenda Global, em que só falta Síria, Irão e, seus Bancos Centrais para, finalmente, poderem espalhar o "Bem" tecnológico por todo o Planeta:

"1974- Kissinger’s Projected Demographic Apocalypse -The Depopulation Agenda"

Silenciosamente e devagarinho, tudo bem Programado com décadas de antecedência, para que as "ovelhas" nem percebam para onde as estão a levar mas, fiquem entusiasmadas por ter um frigorífico que as informe que têm de comprar manteiga e... ser descontado automaticamente e directamente do Banco, as vezes que abrirem a porta do frigorífico mas, os nomes são sempre bonitos... Smart... Sustentável.

Como dizia a minha avó de 94 anos, sem smartphone nem 5G para a matar mais cedo:
"Com papas e bolos se enganam os tolos" ;)

Mafalda

Anónimo disse...

Boas!

Os ocidentais precisam de ir gastando os misseis que fabricam caso contrário não têm mais encomendas, logo não há vendas, logo a fábrica fecha, logo há desemprego.

E nós o que queremos é MAIS EMPREGO E MAIS CRESCIMENTO!

E como já dizia a outra terrorista...

Temos é de começar a fabricar misseis mais eficazes! Isto de os terroristas Sírios conseguirem destruir certa de 70% dos nossos emissários da DEMOCRACIA E DA LIBERDADE é inaceitável.

voza0db