10 março, 2010

Vícios, mentiras e vídeo - 2 (revisto)

Seguindo a sugestão de quem me comentava ontem e em respeito ao meu professor Bento de Jesus Caraça, "... se não receio o erro, é só porque estou sempre pronto a corrigi-lo" cá vai o post anterior, devidamente corrigido:
Belmiro não tem razão, ainda há ricos em Portugal (e podem ter vícios)

Quem não já não tem vícios são cerca de 70% das famílias portuguesas, cujo rendimento é inferior a 19000 €. Como podem ter vícios, famílias com agregados de 3,2 pessoas (média nacional) a ganharem 1350 €/mês?
Quanto ao vídeo, considerado grosseiro e sem ter a ver com a nossa realidade
Considero que é grosseiro. A expressão é caricatural dos 630 mil que ganham menos de 5 mil euros e isso só pode dar lugar à grosseria. Mas o vídeo também é obsceno. Tais são as cenas dos 53 mil que ganham mais de 100 mil...
A realidade é bem portuguesa. Os cantores, são estrelas contratadas para o nosso Carnaval, tão bacano como baiano.