11 março, 2010

Vícios, mentiras e vídeo - 4

Ontem, houve "As omissões, são formas de mentira" denunciando eu o silenciamento, por parte dos semanários, de opiniões e mesmo de individualidades com notoriedade em áreas de influência económica e social. Hoje, que estava apenas planeado comentar "Um vídeo para repor as coisas (algumas coisas)" , vou ter que comentar três. Tal como as palavras: vídeo, puxa vídeo...
À hora em que falava o Presidente Cavaco Silva, eu ouvia este Senhor...

Exactamente há um ano atrás, este outro Senhor dizia...


1º Vídeo - (aceder através do link, acima) - Refere-se a uma longa entrevista que pode ler aqui e da qual destaco estas passagens: “…neste momento há um problema: há um desequilíbrio enorme de poder entre os representantes do capital e o trabalho.” (…)“Não tenho nenhuma ideia de que os patrões são intrinsecamente maus, isso é um disparate absoluto, são seres humanos como os outros. Agora, há práticas! E, por exemplo, em Portugal, os empresários sempre tiveram no Estado um chapéu protector…”…” No sistema capitalista em que estamos, é natural que haja diferenças salariais. Não me choca que haja diferenças salariais de um para dez, às vezes até mais. O problema não é a diferença de um para 20, ou de um para 30; é de um para mil, de um para dez mil, de um para 50 mil"(…) Os grandes patrões portugueses não metem a cabeça no funcionamento das organizações patronais. Procuram estratégias de as influenciar e de elas funcionarem a favor dos seus interesses, mas não metem a cabeça e não se submetem…”
2º Vídeo, Soares dos Santos, Presidente da Jerónimo Martins concede uma entrevista, ontem, em simultâneo com a entrevista a Cavaco. Passo a destacar algumas afirmações importantes: "Governos PS ou PSD? São a mesma coisa"... "O Governo deveria ser mais aligeirado, as Direcções Gerais deveriam ser lugares preenchidos por profissionais, não por políticos"..."esmagar fornecedores do Pingo Doce? Sim e não..." ..."se houve mais organização e cooperativas no Alentejo, compraria só borrego nacional"..."Carvalho da Silva é um homem inteligente"..."...é urgente que o Governo os empresários e os sindicatos se entendam"
3º Vídeo, Carvalho da Silva (outra vez) há um ano atrás, dizia várias coisas. Sublinho a passagem em que afirma a necessidade de se encontrarem soluções entre empresários, poder político e trabalhadores, a nível nacional e local, nas regiões...
As conclusões desta série de 4 posts serão apresentadas amanhã... depois de ler o SOL