30 setembro, 2015

Ao pessoal do meu bairro, aos cegos e aos que não se importam de viver na Caverna