24 abril, 2018

A Liberdade acaba, quando se perde a memória

Que se avivem memórias de Abril
E tenhamos a certeza que,
se a memória se perde,
pode muito bem voltar a acontecer
como se fosse a primeira vez.
Talvez não tudo
Mas um pouco, já seria tanto