09 fevereiro, 2017

Mas... a Mamã Iogurte ainda mexe? Depois descubro eu que sempre mexeu


Este criativo perfil corresponde a um blog que descobri um dia e nesse mesmo dia resolvi segui-lo, embora para o qualificar sempre me faltasse o adjectivo. 
Os textos eram curtos e escorreitos, um tanto "anarcas", o suficiente para me despertar a curiosidade de, seguindo-o, vir a descobrir um sentido sério nos temas na aparente gratuitidade e leveza com que eram tratados. 
Sem que desse por isso a "Mamã" levou sumiço. Esfumou-se. Desapareceu. 
Mais uma que se passou para o faissebuque e não pensei mais no assunto... até que ontem a "Mamã" apareceu num comentário onde assim escreveu (referindo-se ao ensino na Finlândia):
«É mesmo de fazer inveja. De vez em quando encontramos pessoas no ensino regular que fazem a diferença. Mas são tão poucas. Conheço algumas. Mas pouco peixe, mal consegue remar contra a maré.»
Sai disparado e fui investigar o caso do mistério do blogue desaparecido e que afinal sempre tinha existido... e dei com outros, que afinal também não estão "mortos". A lista, não sendo longa, é tremenda, ei-la: