08 maio, 2016

Os "contratos de associação" e a "municipalização do ensino" conduzem ao mesmo caminho?


Só um mau contador de anedotas se põe a explicá-las enquanto quem as ouviu ri "a bandeiras despregadas". Acontece o mesmo com os bons cartoons. Não carecem de explicação. Ou está tudo lá, ou não. Neste escolhido é o caso. Porque é que o escolho? Ora, pois não é evidente?

Quanto ao meu título, esse carece de explicação e eu explico. Passei a tarde num encontro de eleitos da CDU e a (por nós chamada) "municipalização do ensino" veio à baila. Dizia quem falava "Quando a tal referida delegação de competências nos municípios se der, como se encaminha que vá ser dadas, as câmaras municipais, por falta de estrutura e competências próprias acabarão por subcontratar a gestão!"

Lembrei-me de em tempos ter lido algo passado entre a Câmara da Covilhã e um tal GPS. O "negócio" é diferente? Ser, é! Mas também na altura não havia aquilo a que hoje se chama "a municipalização do ensino". 

Quanto ao Grupo GPS... "eles andem aí"

7 comentários:

  1. O vídeo já conhecia, e demonstra a autêntica vergonha que vai por esse país. Acredito que a ideia até tenha sido boa, há anos, quando cada casal tinha vários filhos e havia muitas crianças em zonas que não havia escolas. Mas por entre compadrios, rapidamente se transformou numa aberração, que só serve para carregar os contribuintes com uma maior carga de impostos, e enquanto outros se enchem de dinheiro.
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este Ministro,
      coloca as coisas no seu sitio

      se alguém chora
      é porque se acabou a mama

      Eliminar
  2. Será a municipalização do ensino o caminho certo?
    Tenho dúvidas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem?

      Aliás, a questão
      é que o PS acredita
      e eu (nós) não!

      Eliminar
  3. Ora não será também óbvio que eu aplauda a "Res publica"?

    Abraço, sempre!

    Maria João

    ResponderEliminar
  4. E eu sem tempo nenhum para comentar isto... Digo apenas: quem quer privado, muito bem! PAGUE!! Eu também pago para o médico particular e para o transporte privado, não é?

    ResponderEliminar