24 setembro, 2011

Sábado... Foi assim, a semana que hoje finda (9)

Aconteceram coisas importantes na semana? Sim, claro...  destaco que aprendi à minha custa que não devo comentar com a razão o que foi escrito com palavras de paixão... O resto? O Sérgio conta:



A vida é (mesmo) feita de pequenos nadas?

19 comentários:

Gisa disse...

A força dos pequenos nadas transforma-se em quase tudo que precisamos.
Um grande bj querido amigo, bom domingo.

Celina Dutra disse...

Concordo, são os pequenos nadas que tecemos todo dia para fazer a gente crescer feliz. Grandes nadas raramente ocorrem. Quase concordo também que temos gostos muito parecidos. O que você trouxe hoje é maravilhoso. Obrigada.

Girassóis e beijos

intimidades disse...

nao sei o que dizer

uma lagrima e um sorriso emocionado talvez

<bjinhos
Paula

Catarina disse...

Acho que sim! Não consegui ver/ouvir o vídeo. Tentarei mais tarde.

Rui Pascoal disse...

Se repararmos bem são os pequenos (nadas) detalhes que fazem toda a diferença.

ariel disse...

Pode crer que a solução vai ser servida do boião às colheradas e a malta, à parte uns pequenos esgares, vai engoli-la toda.

Maria disse...

Há pequenos nadas que valem por um enorme tudo...

ematejoca disse...

Sabemos que a vida é feita de pequenos nadas, e sem eles não havia VIDA!!!

Saudação de Vila Nova de Gaia.

Evanir disse...

A vida é magia e encanto.. é preciso preservar a beleza dos nossos corações.
Saber olhar com pureza de alma respirar como se nascêssemos a cada instante!
A felicidade e a Magia é algo, que entra em nossas vidas, com total explêndor.
Um feliz e abençoado Domingo
Bjs com eterno carinho.
Evanir

folha seca disse...

Caro Rogério
Tal como a felicidade é feita de pequenos momentos da dita. "A vida é de facto, feita de pequenos nadas". O Sérgio consegue-nos dizer as coisas duma forma unica.
Abraço

Nota: Estive lá no king. Não sei se o meu caro esteve. Se sim, foi pena não o reconhecer para lhe dar um abraço ao vivo.

Lídia Borges disse...

Felizmente que os pequenos nadas nos podem ensinar muito da vida... Ainda que morramos sem a termos aprendido.
Gosto dos devaneios do Sérgio Godinho, tão perto da razão.

L.B.

Janita disse...

Muito me admiro por colocar essa grande verdade em dúvida, amigo Rogério!
Na vida tudo se constrói a partir de pequenas coisas. Assim como uma pequena coisa pode destruir algo que demorou a ser construído a partir de pequenos nadas. Confuso?
Neste momento também eu me sinto um pouco assim, sabe?
Tudo devido a uma simples palavra: Deus. Que por sua vez, e juntamente com esta sua análise semanal, me levou a pensar no romance de Arundhati Roy "O Deus das Pequenas Coisas" ( aqui bem na minha frente) e... valha-nos Deus, naquela célebre frase:
"Sou ateu, graças a Deus."

Um beijinho e bom Domingo.

PS. Amigo Rogério, eu não pus em dúvida a dívida, ou buraco, como queira, da Angela Merkel. Apenas deixei implícito que eles, os alemães, não vivem permanentemente deprimidos devido a isso e gostam de se divertir.

manuela baptista disse...

...o Sérgio acha que sim :))

muitos pequenos nadas para si, Rogério

manuela

Fê-blue bird disse...

.....

Somos tantos a não ter quase nada
porque há uns poucos que têm quase tudo
mas nada vale protestar
o melhor ainda é ser mudo
isto diz de um gabinete
quem acha que o casse-tête
é a melhor das soluções
para resolver situações
delicadas
a vida é feita de pequenos nadas


Nada mais a acrescentar ao que diz Sérgio Godinho senão um...

...um beijinho :)

desculpe a ausência mas o outono ofereceu-me uma constipação :)

José disse...

Ontem à noite tive a ver o Sérgio Godinho, no programa do Herman José,
fiquei sabendo que ele foi lá para fora, para não ir para onde a gente fomes.
Eu não fui porque não pude ir,
mas se soubesse aquilo que sei hoje não teria ido.

Abraço,
José.

Manuela Araújo disse...

Olá Rogério

Não tenho dúvida que são os pequenos nadas que fazem o todo. Fala a minha veia química e não só :)

Eva Gonçalves disse...

Já não ouvia isto há imenso tempo.. ó se é...
as lições aprendidas à nossa custa são aquelas que mais precisamos de aprender :)

Maria João disse...

É mesmo, caro Rogério!
A vida é feita de nadas tão pequenos, que muitos passam por ela sem “verem” o que é essencial.
Pois... aquele que é invisível aos olhos e que a razão, tantas vezes, despe do seu verdadeiro sentido.

Um abraço

Canto da Boca disse...

Eu acho que a vida é esse grande nada que nós, tão pequeninos, fazemo-la essa imensidão tão im-prevista e saborosa, em sua maior parte. Nuanças, coisas pequenas que se tornam grandes no individual e no coletivo!

E para completar, tem o Sergio Godinho, tem o Sergio Godinho para completar!

;)