13 abril, 2015

Sair do Euro: a meia-resposta completa a outra meia. Por tanto, a resposta está inteira. O que falta é encontrar o caminho...

Dei ontem meia resposta à Joana, porque já lhe tinha dado inteira a outra meia que faltava. 
Por tanto, a resposta está inteira! «Mas onde e quando isso aconteceu?» pode a Joana e mais alguém perguntar. A resposta requer trabalho. Vamos lá?
Primeiro, nesse cantinho superior esquerdo, onde se sugere para "Pesquisar neste blogue" é só escrever "sair do euro" e pumba aparecem dezenas de posts. Mas se não quiser tal trabalho, não lhe ralho, e vá direitinho a um evento onde até dei a cara!


Os argumentos que faltam não é sobre se sair ou não, mas como sair. E não é fácil...

4 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Andei por aqui. Li o texto, mas há coisa que eu não sei comentar. A minha ignorância é de longe, muito superior à sabedoria.
Um abraço

Joana Silva disse...

Vou já começar a ler!

Diana Fonseca disse...

Boa Noite,
Devido a alterações de conteúdos do meu blogue, decidi alterar o link do mesmo. Se me segues e pretendes continuar a fazê-lo, por favor, adiciona o novo link na tua lista de leitura.

Obrigada!*

http://the-twentythird-avenue.blogspot.pt/

Agostinho disse...

É bom que alguém antecipe as contas.