21 setembro, 2016

Há famílias assim, onde o "conselho de família" é virtual e compromete o jantar

 

Distracção ao jantar 
O avô anda entretido sabe lá Deus com o quê
Sabe lá Deus com que se entretém
a avó e a mãe
O namorado
com a namorada ao lado
adiciona mais uma amiga
e põe-lhe um "gosto" de seguida

A mais  nova manda um sms à tia
"Que merda é esta!? Eu já comia!"

Chamam o empregado
e este anuncia com voz sentida
"já passou o prazo
está arrumada a cozinha" 
 Outras distracções

19 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Parece-me que já foi pior. Pelo menos por aqui, já não se vê tanto esse viver pendente do telelé.
Um abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Parece-lhe...


«Estatísticas do Facebook

O Facebook é a rede social com maior relevância e impacto na internet. O número de utilizadores em todo o mundo já ultrapassou os mil milhões. Em Portugal estão contabilizados cerca de 4,7 milhões de utilizadores, posicionando-se em 34º na lista de países com acesso ao Facebook, liderada pelos Estados Unidos, Brasil e Índia.

A nível global, o tempo médio passado no Facebook por mês é de 6,3 horas. Diariamente, 58% dos utilizadores acede ao Facebook. Todos os dias são efetuados 3,2 biliões de “Likes” e comentários.

Em Portugal, 49% dos utilizadores do Facebook são mulheres e 51% homens, sendo que a faixa etária com utilizadores mais frequentes situa-se entre os 25-34 anos. »

Elvira Carvalho disse...

Desconhecia totalmente. Regulei-me pelo que vejo, e aqui na minha zona, já se vê pouco as pessoas com o telemóvel na mão, embora se vejam muitos com os auscultadores. Espantoso o Facebook ser mais utilizado por homens. Sempre pensei que as mulheres estariam em maioria, dado que a maioria dos conteúdos que aparecem nas páginas são fofocas.
Um abraço

Anónimo disse...

... sim, eu sei, mas... separemos as águas; há quem seja "louco pela net" e há quem faça dela - e nela deixando... - um trabalho imenso, honesto e de incalculável valor didático/cultural...

Abraço grande!

Mª João

as-nunes disse...

Estou quase nos 70 anos de idade.
Nos últimos anos estou mais por casa. E como fui o inventor da internet e até das primeiras linguagens de programação desde o cartão perfurado (os jovens d´agora é que ficam desconfiados quando me ponho come paleio. - este gajo deve estar doido, só pode.) apanhei esta febre arco-iris que não me larga que me põe horas a fio defronte do computador (ah pois, já não é computador, é portátil e tablets e Ipad e samrt...). Concordo contigo, Rogério, estamos a seguir por caminhos muito manhosos. O que virá a seguir??

Majo Dutra disse...

Com educadores permissivos podem acontecer coisas singulares à mesa!
Gostei deveras da tua anedota rimada, Rogério.
Estes momentos de humor souberam, mesmo, bem.
Beijo sorridente, amigo.
~~~~~~~~~~~~~~~

Lídia Borges disse...

Como travar a máquina do dito "progresso"?

Bj.

Lídia

Fê blue bird disse...

Voo quase sempre contra a corrente, neste caso felizmente :)
Diverti-me imenso com o vídeo, o ultimo nas escadas rolantes já tinha idade para ter juízo :)
E o seu poema está com o final perfeito :D

Um beijinho grato

Rogerio G. V. Pereira disse...

Por isso mesmo Maria João é que nós não abandonamos este espaço...

Rogerio G. V. Pereira disse...

Ainda acredito que serão dias melhores!

Rogerio G. V. Pereira disse...

A minha anedota rimada
a mim
sabe-me a "conversa avinagrada"

um verdadeiro humor negro

Rogerio G. V. Pereira disse...

Por muito estranho que lhe pareça
Só com a cabeça

Rogerio G. V. Pereira disse...

"Quando a cabeça não tem juízo
o corpo é que sofre
o corpo é que sofre"

Anónimo disse...

Nunca, nunca, nunca! Até que morte nos separe!

Janita disse...

Não sou utilizadora do FaceBook, tenho um smartphone ( porque me foi ofertado recentemente, mas uso-o como usava o velhinho, anteriormente) não persigo pokémones, não acedo à Net pelo dito, de maneira que para mim telemóveis à mesa, seria o fim! Não consinto nem admito!!
O vídeo fez-me rir ao fim, com a perícia do senhor que caiu, voltou a cair, mas não largou o bendito! :))
A sua poesia está cada vez melhor, meu amigo.

Um abraço! :)

Teté disse...

Acho horrível essa mania de estar de telemóvel à mesa... :P

Rogerio G. V. Pereira disse...

...mesmo que os blogueiros desertem,
estaremos neste posto
escrevendo um para o outro

:)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Eis alguém saudável!

Rogerio G. V. Pereira disse...

só à mesa?
e na caixa, enquanto paga?
e nos transportes públicos, em voz bem alta?
e no velório, à socapa?
e na retrete, enquanto caga?
e na sala de espera, até ser chamada?

em todas as situações
responde-se à chamada
para dizer... nada
,