26 outubro, 2016

Redacções do Rogérito (32) - "O que eu penso do orçamento"

 

Não sei o que passou pela cabeça da stora para ter dado por tema uma coisa que até faz dor de cabeça a tanta gente e a outra tanta até lhe dá esperança mas eu até julgo que stora aproveita a aula para poder a partir da nossa redacção passar a ter a sua própria opinião pois ela tem andado muito estranha com esta inesperada mudança e do senhor Nuno Crato andar muito calado e ter ido parar a local desconhecido.
Sobre o que eu penso do orçamento não é uma ideia lá muito clara pois há muito tempo que oiço dizer que a seguir ao pão vem em educação e é na educação que se deve fazer o maior investimento e no entanto essa coisa da educação eu não entendo que seja classificada como despesa na elaboração do orçamento.
A ser assim eu passo a gostar muito da despesa pois gosto da minha escola e não gosto nada da receita pois ela é recolhida a partir de comportamentos censuráveis como beber até até cair para o lado como fumar até fartar ou andar aos fins de semana a passear de carro na marginal de um para o outro lado para combater o stress acumulado e gastando gasosa à doida.
Só não percebo porque é que o marido da vizinha do quarto andar anda sempre a vociferar porque os impostos isto e porque os impostos mais aquilo e anda sempre com uma mini atrelada e desse modo a assegurar que a parte da receita seja viabilizada o que me parece ser uma grande contradição pois ele até nem tem património por aí além e assim nem se lhe aplica muito imposto.
Ah e a Dona Esmeralda anda também toda contente pois os livros novos do filho dela não custaram dinheiro nenhum e nisso partilhamos a alegria pois sobra-me a mim uns eurozitos que eu não sei se gaste ou se amealhe.   
Me assino
 Rogérito, 
(1º ano. 1º Ciclo)

14 comentários:

  1. As Aventuras do Rogérito, aluno português, que admiro pelo seu senso de humor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Rogérito é um cromo
      cuja ironia
      se inspira na Guidinha,
      essa sim engraçadinha

      (Luís Sttau Monteiro era meu irmão)

      Eliminar
  2. Já estava com saudades das redacções do Rogérito! :)

    Rogério - do meu presente e do futuro do do Rogérito - diz-lhe, por favor, que estou perfeitamente de acordo quanto à sua opinião sobre o OGE e que lhe deixo um beijinho de boas noites.

    Maria João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também já tinha saudades das redacções do "puto"
      do seu texto não pontuado
      e do seu escrito irónico e arguto

      Eliminar
  3. Como sempre o Rogerito é um aluno inteligente e muito observador. Não lhe escapa nada.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, olha,
      escapa-lhe toda a pontuação
      só os parágrafos é que não

      Eliminar
  4. Olá Rogérito
    Estes temas são uma forma de educação. Não devem ser manobras de diversão a ver quem mais leva para casa. Espero que os teus amigos que fazem estes orçamentos tenham lucidez para cortar nos grandes vencimentos e aí talvez sobre a parte necessária para a educação.
    Obrigado pela visita. Espero continuar a encontrar-te com esse ar fino e clamando por justiça. Os meus amigos nem sempre são justos nestas leis que eles fazem para todos, mas só lixam os mais pobres...

    ResponderEliminar
  5. Ó Rogerito, meu menino,
    para quem anda no 1º ano
    estás mesmo muito fino
    escreves bem e sem engano!

    Venha quem em ti invista!
    Mas não te tornes moralista...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muralista?
      Porque não?
      dá-me um muro
      e ponho lá a redacção

      Eliminar
  6. É Rogerito
    um rapazito
    espertito
    Tenho dito.
    ~ Beijito.
    ~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espertito?
      Espertito não.
      Inteligente
      (que é bem diferente)
      e concordante com a redacção

      Eliminar
  7. O puto di-las com tino
    a educação não é despesa
    O amanhã faz-se de investimento
    Digam-no a ela e ao cretino

    Abraço

    ResponderEliminar