12 outubro, 2016

Imagine que Lenine...


Imagine que está no ano de 1924, o que não será com esforço dado que às vezes até parece.
Agora imagine que alguém lhe dava a notícia de que Lenine ia aparecer lá pelos lados da Trindade.
Você ia lá?
Ia?
Então vá!
Agora imagine que não tem imaginação e com 90 anos de atraso Lenine estava mesmo lá. Não acredita? Então confirme! Bóra lá!

8 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Amigo tenho lido as suas publicações, mas nem sempre consigo abrir os links, ou os vídeos, por isso não tenho comentado. Continuo no Algarve, apenas com o smartphone, e é muito difícil acompanhar os blogues por este meio.
Um abraço

Rogerio G. V. Pereira disse...

Conheço as limitações
por vezes
os smartphones
são pouco smarts
e muito phones

boa estadia
querida amiga

Anónimo disse...

Claro que iria, se não estivesse fisicamente tão condicionada...

Abraço!

Maria João

Teté disse...

Lenine? Pois, nunca me foi apresentado e eu passo... ;)

Quanto ao teatro, tenho dois que me interessam mais, se depois ainda estiver em cartaz, nunca se sabe!

Fê blue bird disse...

Gostava de conhecer Lenine e quem sabe fazer-lhe algumas perguntas ? :)
Talvez vá!

Um beijinho

Rogerio G. V. Pereira disse...

Serás, como digo sempre
uma "não-ausente"

Rogerio G. V. Pereira disse...

Pois!
Depois do Trindade, irá para os concelhos que se queiram aconselhar
E os conselhos de Lenine não são de desprezar
(ao contrário do que para ai se diz...)

Rogerio G. V. Pereira disse...

Para o conhecer, tenho as "Obras Completas"
e se quiseres empresto-tas

Quanto a perguntas...
Só mesmo no Trindade