19 janeiro, 2018

Depois de nunca ter pensado que a televisão pública pudesse chegar tão baixo, depois de 18 de Janeiro acho que entendo...



A imagem da esquerda foi retirada do vídeo abaixo e refere-se a acontecimentos recentes no Irão. Passaram imagens semelhantes na nossa televisão, e dizia-se que nas ruas o "povo" rebelava-se contra o poder, contra o governo iraniano.

A outra imagem, a da direita refere-se ao vídeo do programa "Linha da Frente" que a nossa televisão passou ontem. Segundo esse programa, e uma sucessão de outros emitidos nas últimas semanas, nas ruas da Venezuela o povo rebela-se contra o poder, contra o governo venezuelano. 

Mas as imagens e os contextos têm muito outras coisas em comum. Uma delas, é que ambos os países dispõem de reservas de petróleo como o caraças. Outra, é que mandaram o dólar à merda e adoptaram outra moeda, que por acaso até é chinesa.
Putin, se estivesse de fora não racharia lenha... e é por "ignorar" tudo isso que o Linha da Frente foi um asco e o 18 de Janeiro é um marco.

Não acredita? O vídeo explica