22 janeiro, 2018

AUTOEUROPA: Unidos como os dedos da mão!


O programa "Prós e Contras" foi desequilibrado, pois colocou, de um lado, como "Prós" uns cromos e do lado dos "Contra" gente que sabia ao que ia.

Não que os cromos não tivessem feito o trabalho de casa e não levassem a lição bem estudada... só que a lição bem estudada tropeçou na realidade... e esta, como sabemos, se sai à luz do dia (ou da noite) esfrangalha qualquer teoria, espanta medos e espantalhos.

Dei destaque ao gajo do Sindicato da Inter por razões imputáveis a cumplicidades onomásticas. Dou equilíbrio à coisa e causa da Comissão de Trabalhadores. É que, na sua tão diversa diversidade, estarem unidos como os dedos da mão é coisa digna que deverá ter de ser levada em conta. E será, estou certo.

Clique neste link, para ver o resto

13 comentários:

  1. A partir das 21.00h, não respondo por mim e muito menos pelos meus olhos.

    Vi um pedaço e... adormeci, mas o pouco que vi bastou-me para ficar de acordo com o avinagramento que deste à coisa. Tentarei ver o resto ao
    longo do dia de hoje.


    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não der para ver
      o mais importante
      já dei eu a saber

      Abraço

      Eliminar
  2. Bom dia. Oxalá não estraguem a AutoEuropa. Oxalá um dia não queiram trabalhar os dias da semana e... portas fechadas. Oxalá...
    .
    Soneto: * Amor ... ou castigo do coração? *
    .
    Desejando um dia muito feliz
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Gil António

      Oxalá é uma expressão de oriem arabe, donde (discorro eu) o meu caro não se importe de que se trabalhe que nem mouros para que não falte dividendos a distribuir pelos germanos

      Eliminar
  3. Respostas
    1. De cada vez que vejo alguém bater-se por ela, mais me envolvo na luta em sua defesa...

      Abraço

      Eliminar
  4. Oxalá houvesse menos gente com vocação para capacho.

    ResponderEliminar
  5. Gil António, isso que dizes,é uma resposta de "lambe botas"... cresce e aparece !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Gil

      eu daqui nunca fui ter a ti
      não sei como vieste cá parar
      tu me mandas crescer e aparecer
      eu te mando bugiar

      Eliminar
  6. Eu ia jurar que deixei aqui há dias um longo comentário. Como não acredito que por aqui haja censura, terei de admitir que sou um nabo. Lembro-me de ter dito que "Oxalá" deriva de ox Alá, queira Alá, o nosso Deus queira.
    ... e um abraço
    Pata Negra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, és mesmo um
      nabo
      mas...
      ox_Alá não se repita

      Eliminar