23 agosto, 2018

No Panteão? O Zeca? Nem na FESTA!

José Afonso, Festa do Avante 12/7/1980
«O nosso José Afonso foi sempre um Homem livre.
No panteão não seria.
Haja respeito pela sua vontade. Divulgue-se a sua obra.»
MAR ARÁVEL, aqui
Ao meu querido camarada respondi de forma precipitada que agora corrijo, assim: 
Zeca nem na Festa terá o seu  panteão!
O mesmo não direi da sua obra. Na FESTA, onde ele sempre foi um não-ausente, será mais uma vez lembrado na sua liberdade com a dignidade com que se celebra a obra de um homem inteiro. 
Será na sexta-feira, sê-lo-á no sábado e no domingo, um pouco por todo o lado!

Sem comentários: